ARTIGO - Consumo, moda e classe C: Um ensaio exploratório

Autores

  • Isabela Kowalski da Motta

DOI:

https://doi.org/10.47456/simbitica.v1i1.4513

Resumo

Este artigo pretende analisar a lógica do processo de decisão do consumidor de moda da Classe C. O artigo inicia revisando algumas teorias que tratam do estudo do consumo, e este fenômeno ligado à moda. Em seguida, demonstra a relevância da mobilidade social recente no Brasil e o impacto desses novos consumidores. Ele então investiga, utilizando pesquisa qualitativa, puramente exploratória e indicativa, através de entrevistas abertas, alguns pontos do modelo teórico desenvolvido, após os comentários críticos sobre as grandes teorias citadas. O artigo conclui que nenhuma das teorias de caráter monistas e/ou deterministas nas explicações dos processos sociais, no caso em questão, o estabelecimento de causalidades onde estruturas sociais, culturais ou hierárquicas sejam as únicas a explicar a ação de um ator/consumidor de moda, dão conta do resultado dessa ação. Por isso, é introduzida neste modelo uma pluralidade causal em que estaria presente a consciência reflexiva desse consumidor como uma variável substantiva. O artigo salienta ainda a importância de uma verificação empírica mais precisa e consistente.

Palavras-chave: consumo; moda; classe C; mobilidade social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-05-05

Como Citar

da Motta, I. K. (2021). ARTIGO - Consumo, moda e classe C: Um ensaio exploratório. Simbiótica. Revista Eletrônica, 1(1). https://doi.org/10.47456/simbitica.v1i1.4513

Edição

Seção

Revista Simbiótica