A pintura antifurto de Pedro Victor Brandão. Política como arte no contexto de crise econômica mundial

  • Marcelo Neder Cerqueira
  • Pedro Victor Brandão

Resumo

Pintura Antifurto é resultado da apropriação das imagens de anversos e reversos de cédulas manchadas por um dispositivo antifurto em explosões de caixas eletrônicos. A partir de uma autorização emitida pelo Departamento do Meio Circulante do Banco Central, reproduções fotográficas tem sido feitas e distribuídas gratuitamente. O texto que segue foi apresentado por Marcelo Neder Cerqueira no dia 20 de Outubro de 2011, quando a Casa França-Brasil promoveu a mesa redonda sobre a Pintura Antifurto. A mostra foi realizada dentro na Ocupação Cofre, onde artistas mostram seus trabalhos numa sala de 2,40m² sem função definida desde a transformação em centro cultural. Entre 1820 e 1924, a histórica construção da Casa França-Brasil, localizada em frente à Baía de Guanabara, abrigou a primeira praça do comércio da cidade.

 

Abstract: Pintura Antifurto [Anti-theft Painting] results from appropriation of the images of observes and reverses of banknotes marked by an anti-theft device in explosions of ATM’s. After an authorization issued by the Currency Department of the Central Bank, photographic reproductions were made and freely distributed. This text was presented on October 20th 2014, when Casa França-Brasil realized a debate about Pintura Antifurto. The show was realized on the framework of Ocupação Cofre [Vault Occupation], where artists are invited to exhibit in a room of 2.40 m² that has no function since the transformation in cultural center of this construction that from 1820 to 1924 worked as the first commerce square of the city.

Publicado
2014-12-30
Como Citar
Cerqueira, M. N., & Brandão, P. V. (2014). A pintura antifurto de Pedro Victor Brandão. Política como arte no contexto de crise econômica mundial. Simbiótica. Revista Eletrônica, 1(7). Recuperado de https://periodicos.ufes.br/simbiotica/article/view/9006
Edição
Seção
Revista Simbiótica

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)