O ESPAÇO COMO DESVIO: UM ESTUDO SOBRE A PROBLEMATIZAÇÃO DA NOÇÃO DE ESPAÇO NA OBRA DE CILDO MEIRELES

Janayna Araujo Costa Pinheiro, Angela Grando

Resumo


Buscou-se estudar a diversidade com que o artista brasileiro Cildo Meireles exploracriticamente a idéia convencional do espaço. Para tanto, recorremos aos trabalhos: Estudopara espaço (1969), e Babel (2001-2006). Bem como a experiência radiofônica de OrsonWelles (1938), com o intuito de investigar aspectos singulares da obra de Meireles, visto que oartista extrai do âmbito político das artes discussões fortes permitindo a abertura deexperiências e questionamentos. Nesse sentido, recorremos aos críticos, como FredericoMorais, relevantes do percurso de Cildo Meireles, ao legado do artista em escritos e entrevistase a pensadores contemporâneos como Gilles Deleuze e Felix Guattari, convocados paraesclarecer a noção de processos de subjetivações, o modo como estudar o poder e a noção dofora.

Palavras-chave


arte moderna e arte pós-moderna brasileira; Experimentalidade na arte; CildoMeireles;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.