REFLEXÕES SOBRE O COTIDIANO E A ÉTICA PROFISSIONAL NO SERVIÇO SOCIAL

Alberta Emilia Dolores de Goes

Resumo


O presente artigo tem como objetivo problematizar e refletir o cotidiano a partir da atuação profissional em uma perspectiva ética no serviço social. Para o seu desenvolvimento, nos embasamos na literatura, principalmente, nos autores: José Paulo Neto, Myrian V. Baptista, Maria Lucia Barroco, Agnes Heller, dentre outros. Em uma conjuntura de barbárie social como a atual, o cotidiano além de trivial e rotineiro, deve ser visto como um espaço de reflexão e de oportunidades para o desenvolvimento de ações, estudos e pesquisas comprometidas com os usuários. Assim, assumir uma postura crítica frente a realidade social, que se materialize a partir de ações alinhadas  com o Código de Ética profissional e o nosso projeto ético-político é ao mesmo tempo nosso desafio e meta.


Palavras-chave


cotidiano; atuação profissional; ética; serviço social

Texto completo:

PDF

Referências


BAPTISTA, M. V. A Investigação em Serviço Social. Editora Veras, São Paulo, 2006.

BARROCO, M. L. Ética e Serviço Social, fundamentos ontológicos, 8ª. edição, Editora Cortez, São Paulo, 2010.

_____________ Ética Fundamentos sócio-históricos, 3ª. edição, Editora Cortez, São Paulo, 2010.

_____________; Terra, S. H. Código de Ética do Assistente Social Comentado, Editora Cortez, São Paulo, 2012.

CAMPOS, M. S. O casamento da política social com a família: feliz ou infeliz? In: MIOTO, R. C. T., CAMPOS, M. S. e CARLOTO, C. M. (orgs.). Familismo: Direitos e Cidadania – Contradições da Política Social. São Paulo: Cortez, 2016, p. 21-43.

DINIZ, T.M.R.G., O estudo de caso, In Pesquisa Qualitativa, Um instigante Desafio, Editora Veras, São Paulo, 2010.

FALEIROS, V. P. O Serviço Social no Cotidiano: fios e desafios, Revista Serviço Social e Sociedade, n. 120, p. 706-722, out./dez., Editora Cortez, São Paulo, 2014.

FREITAS, R. de C. S; MESQUITA, A. de A. As novas expressões da “questão social” e as famílias brasileiras: reflexões para o serviço social, XV ENPESS – Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social, Ribeirão Preto/SP, 2016.

GUERRA, Y. A Instrumentalidade do Serviço Social, Editora Cortez, 10ª. edição, São Paulo, 2014.

HELLER, A. O Cotidiano e a História, Editora Paz e Terra, São Paulo, 2001.

IAMAMOTO, M. V. As dimensões ético-políticas e teórico-metodológicas no Serviço Social. In: MOTA, Ana Elizabete et ali (orgs.). Revista Serviço Social e Saúde: Formação e Trabalho Profissional; ABEPSS, Organização Pan Americana de Saúde/OMS Brasil; julho de 2006.

_________________ Serviço Social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social. In: ---. 3 ed. – São Paulo: Cortez, 2008.

NETTO, J. P. Cinco Notas a propósito da “Questão Social”. In: Temporalis/ABEPSS. Ano 2, n.3 (jan./jun. 2001). Brasília: ABEPSS, Grafline, 2001.

_______________ A construção do projeto ético-político do serviço social. In: MOTA, Ana Elizabete et ali (orgs.). Revista Serviço Social e Saúde: Formação e Trabalho Profissional; ABEPSS, Organização Pan Americana de Saúde/OMS Brasil; julho de 2006.

_______________; BRANT DE CARVALHO M. C. Cotidiano: Conhecimento e Critica, 10ª. edição, Editora Cortez, São Paulo, 2012.

PEREIRA-PEREIRA, P. A.. Mudanças estruturais, política social e papel da família: crítica ao pluralismo de bem-estar, In: Política Social, Família e Juventude: uma questão de direitos, Editora Cortez, São Paulo 2004.




DOI: https://doi.org/10.22422/temporalis.2018v18n36p14-27

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES:

Latindex: http://www.latindex.unam.mx/

Dialnet: http://dialnet.unirioja.es/servlet/revista?codigo=19796

IndexCopernicus: http://journals.indexcopernicus.com/passport.php?id=8544

Portal de periódicos da Ufes: http://peridicos.ufes.br

Diadorim-IBICT: http://diadorim.ibict.br/handle/1/319

LICENÇA:

CC BY https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/