Acesso à água potável no Brasil: de ações pontuais à política social / Access to potable water in Brazil: from timely actions to social policy

Autores

  • Andréa Barbosa Alves Prefeitura Municipal de Vitória - Secretaria de Saúde
  • Desirée Cipriano Rabelo Programa de Pós Graduação em Gestão de Recursos Hídricos (PROFAGUA) da Universidade Federal do Espírito Santo.

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v10i3.19679

Resumo

No Brasil, o Semiárido do Nordeste sempre foi pautado pela falta de chuvas e pelos grandes dramas da população afetada. Situação que, historicamente, o Governo Federal tratou com medidas pontuais, descontínuas e que reforçavam as desigualdades locais. A partir de 2003, sob forte pressão da sociedade civil, ocorre uma mudança: o principal programa de apoio às famílias rurais de baixa renda com dificuldades de acesso à agua passa a ser coordenado pelo Ministério de Desenvolvimento Social, integrando sua Política de Segurança Alimentar. Contudo, com as secas e estiagens tornando-se cada vez mais frequentes, inclusive em outras regiões do País, a ação do Estado precisa diversificar-se. A partir do pensamento marxista, este artigo discute como a transformação dos recursos hídricos em mercadoria e seu uso intensivo pelo capital acabou por gerar uma nova expressão da questão social: a exclusão hídrica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Barbosa Alves, Prefeitura Municipal de Vitória - Secretaria de Saúde

Mestre em Política Social  pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Assistente Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atuando na Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Vitória

Desirée Cipriano Rabelo, Programa de Pós Graduação em Gestão de Recursos Hídricos (PROFAGUA) da Universidade Federal do Espírito Santo.

Jornalista (PUCMG), Mestrado  em Educação  (UFMF), Doutorado em Comunicação Social (UMESP), Pós doutorado (Universidade Autônoma de Barcelona - Espanha)

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2018-12-23

Como Citar

Alves, A. B., & Rabelo, D. C. (2018). Acesso à água potável no Brasil: de ações pontuais à política social / Access to potable water in Brazil: from timely actions to social policy. Argumentum, 10(3), 286–301. https://doi.org/10.18315/argumentum.v10i3.19679