Questão Social e favela: violência estatal, pandemia e organização da classe trabalhadora

Autores

  • Francine Helfreich Coutinho dos Santos Universidade Federal Fluminense
  • Eblin Farage Universidade Federal Fluminense
  • Marina Barbosa Pinto Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.47456/argumentum.v12i3.31361

Resumo

A proposta do seguinte texto consiste em discutir o cotidiano das favelas, marcadas pela violência estatal; cotidiano que no contexto da pandemia da Covid-19 reitera seu caráter de classe. Locais onde esse expressa a ação precarizada do Estado – no que se refere às demandas sociais – ao mesmo tempo em que o mesmo efetiva a presença de seu braço armado sob a retórica de manutenção da ordem e de controle da violência. O texto apresenta a construção histórica das favelas no Rio de Janeiro; o debate do cotidiano, atravessado pela presença política do Estado para a “in”segurança; e alguns elementos sobre as formas de resistência construídas pelos segmentos da classe trabalhadora que vivem nas favelas. A metodologia utilizada se expressa em três eixos: a realização de uma pesquisa exploratória para atingir os objetivos propostos inicialmente; a revisão bibliográfica dialogando com autores clássicos e contemporâneos; e a pesquisa qualitativa. 

Palavras-chave: Favela. Pandemia. Organização dos trabalhadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francine Helfreich Coutinho dos Santos, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Serviço Social e Professora adjunta do Escola de Serviço Sovcial da Universidade Federal Fluminense

 

 

Eblin Farage, Universidade Federal Fluminense

Assistente Social. Doutora em Serviço Social. Professora da Escola de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense (UFF), do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Desenvolvimento Regional da UFF

Marina Barbosa Pinto, Universidade Federal de Juiz de Fora

Assistente Social. Doutora em História. Professora associada da Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Downloads

Publicado

2020-12-24

Como Citar

Santos, F. H. C. dos, Farage, E., & Pinto, M. B. . (2020). Questão Social e favela: violência estatal, pandemia e organização da classe trabalhadora . Argumentum, 12(3), 117–131. https://doi.org/10.47456/argumentum.v12i3.31361