Ensinar e aprender ciência: projetos interdisciplinares

Autores

  • Lucas Antonio Xavier Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Chirlei de Fátima Rodrigues EEEFM Professora Filomena Quitiba
  • Karoline Vitoria Silva da Costa EEEFM Professora Filomena Quitiba
  • Flávio Gimenes Alvarenga Universidade Federal do Espírito Santo
  • Fernando José Luna de Oliveira Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.47456/Cad.Astro.v3n1.37309

Palavras-chave:

ensino de ciências, divulgação científica, interdisciplinaridade, astronomia, produção científica

Resumo

O trabalho traz relato de atividade desenvolvida no formato interdisciplinar em uma escola da rede pública que foi ampliada para evento científico externo à escola. É necessário que os estudantes se apropriem dos assuntos produzidos na ciência. Nesta perspectiva, o objetivo é envolver os educandos em eventos científicos. A atividade, inicialmente, fruto da parceria com o grupo Show de Física da Universidade Federal do Espírito Santo, consistiu em conhecer o trabalho de pesquisadores em diversos campos da ciência. Após ouvirem podcasts, os alunos, em grupos, elaboraram relatório e vídeo. Foram envolvidos 330 alunos do ensino médio da escola estadual Professora Filomena, município de Piúma, Espirito Santo. Na ampliação da atividade, os alunos das turmas das primeiras séries do ensino médio foram convidados a participarem da IV Mostra de Astronomia do Espírito Santo, explorando a temática meteoro, buraco negro e ondas gravitacionais. As atividades propiciaram ao educando conhecer cada tema e aplicações. Concluímos que os discentes começaram a perceber como os pesquisadores trabalham e produzem o conhecimento científico, que não nasce pronto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Chirlei de Fátima Rodrigues, EEEFM Professora Filomena Quitiba

Mestrado em Educação em ciências pelo Programa de Pós Graduação em Ciências e Matemática (Educimat) do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) - Vitória, 2019. Licenciatura em Química pelo Centro Universitário de Caratinga - UNEC/MG (2005). Especialização no Ensino de Química também pela UNEC/MG (2006). Professora da Rede Estadual de Educação Básica do Espírito Santo (SEDU). Atualmente lotada na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professora Filomena Quitiba em Piúma - ES. Possui experiência profissional no Ensino de Química para o nível Médio da Educação Básica, nas modalidades de Ensino Regular e EJA.

Karoline Vitoria Silva da Costa, EEEFM Professora Filomena Quitiba

Estudante que cursará a segunda série do ensino médio em 2022. Fui contemplada com uma bolsa de Iniciação Científica júnior (CNPq) por ter participado da Mostra de Astronomia do Espírito Santo em 2021.

Flávio Gimenes Alvarenga, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Bacharelado em Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (1992), Mestrado em Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (1995) e Doutorado em Física pela Universidade Federal Fluminense (2000). Atualmente é professor Associado III da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Cosmologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Cosmologia Quântica e Buracos Negros; e na área de Ensino de Física com trabalhos de inserção da Física Contemporânea no Ensino Médio. Membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física (PPGEnFis) - UFES / Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física - Polo 12.

Fernando José Luna de Oliveira, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Recebeu o grau de bacharel em química da Universidade Federal do Ceará (1989), fez mestrado em química inorgânica na Universidade de Ibaraki, no Japão (1990-93) e doutorado em ciências na Universidade Estadual de Campinas (1994-98). Trabalha como professor associado da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), em Campos dos Goytazaces-RJ, desde 1999. Em 2011, realizou estágio de pós-doutorado em história das ciências na Casa de Oswaldo Cruz, da Fiocruz, no Rio de Janeiro. Conduz pesquisas no Laboratório de Ciências Químicas da UENF e orienta alunos de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ciências Naturais, em projetos com ênfase em história das ciências e ensino de ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: história da química no Brasil e aplicação da história como ferramenta para o ensino de ciências. 

Downloads

Publicado

2022-02-01

Como Citar

[1]
L. A. Xavier, C. de F. Rodrigues, K. V. S. da Costa, F. G. Alvarenga, e F. J. L. de Oliveira, “Ensinar e aprender ciência: projetos interdisciplinares”, Cad. Astro., vol. 3, nº 1, p. 134, fev. 2022.