v. 3 n. 1 (2022): Universo em Expansão: Centenário do Modelo Cosmológico de Friedmann

					Visualizar v. 3 n. 1 (2022): Universo em Expansão: Centenário do Modelo Cosmológico de Friedmann

O artigo do matemático russo Alexander Friedmann, publicado em 1922 na revista alemã Zeitschrift für Physik, representou uma profunda mudança na nossa visão do cosmo. Pela primeira vez na história da ciência, o universo passa a ser visto como um sistema dinâmico: ele pode expandir ou contrair, mas não seria estático. Isto se contrapunha à concepção vigente até então em que prevaleciam os modelos cosmológicos estáticos. As observações de galáxias longínquas, realizadas pouco depois, indicaram um universo em expansão, uma das possibilidades evocadas por Friedmann. O conceito de expansão do universo tornou-se elemento essencial do atual modelo cosmológico padrão, e permeia todas as atividades científicas em astrofísica e cosmologia, tanto teóricas como observacionais. 

A Seção Temática da presente edição dos Cadernos de Astronomia gravita em torno da celebração do centenário da publicação do artigo de Alexander Friedmann, tanto pela sua importância para a física e astronomia quanto para a própria visão que temos hoje do cosmo. Ressalta também o protagonismo do Brasil em projetos observacionais em astrofísica e cosmologia. Além disso, a Seção Textos Clássicos traz uma tradução inédita do artigo seminal de Friedmann.

Somam-se a estes artigos, textos de divulgação científica sobre vida e morte das galáxias, a construção do modelo atômico de Bohr e o importante e atual problema da desigualdade de gênero observada também na física e astronomia. Por fim, esta edição traz artigos de pesquisa em astronomia e ensino de astronomia, além de um relato sobre a IV Mostra de Astronomia do Espírito Santo.

Publicado: 2022-02-01

Edição completa

Divulgação Científica, Ciência e Sociedade

Ensino

MAES - Trabalhos premiados

Notas