As Astrocientistas e o paradoxo da desigualdade de gênero na física

Autores

  • Carla Rodrigues Almeida Universidade de São Paulo
  • Paola Carolina Moreira Delgado Jagiellonian University
  • Tays Miranda University of Jyväskylä

DOI:

https://doi.org/10.47456/Cad.Astro.v3n1.37327

Palavras-chave:

As Astrocientistas, mulheres na ciência, discussão de gênero

Resumo

Em fevereiro de 2021 ocorreu a primeira edição do evento As Astrocientistas: Encontro Brasileiro de Meninas e Mulheres da Astrofísica, Cosmologia e Gravitação, que reuniu grandes nomes da ciência brasileira para homenagear as pesquisadoras brasileiras ou estrangeiras que tenham vínculos com o nosso país, em celebração ao dia internacional das mulheres e meninas na ciência. Neste artigo, apresentamos nossa motivação para organizar este evento, assim como as dificuldades que enfrentamos e os aprendizados que conquistamos. Também expomos nossa interpretação sobre a relevância deste encontro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-02-01

Como Citar

[1]
C. R. Almeida, P. C. M. Delgado, e T. Miranda, “As Astrocientistas e o paradoxo da desigualdade de gênero na física”, Cad. Astro., vol. 3, nº 1, p. 84, fev. 2022.

Edição

Seção

Divulgação Científica, Ciência e Sociedade