Uma Situação Alimentar Urbana: o comércio popular de alimentação no centro de Campinas/An Urban Food Situation: the popular sales off food in the center of Campinas

Autores

  • Livia Cangiano Antipon Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.7147/GEO27.21475

Resumo

O artigo aborda o estudo da Situação Alimentar Urbana como um caminho analítico para a compreensão das cidades contemporâneas; O centro de Campinas possui um circuito econômico diverso, dinamizado pelo fluxo de trabalhadores que perpassa diariamente a região. Resultante de uma cidade desigual, sobressai-se desse circuito econômico um comércio popular de alimentação. Para tal análise, faz-se uso da teoria dos dois circuitos da economia urbana e do mercado socialmente necessário. Discute-se, assim, o centro da cidade de Campinas como o abrigo das práticas alimentares dos pobres urbano.

Palavras-chave: Situação Alimentar urbana, centro de Campinas, comércio popular de alimentação.

 

ABSTRACT
The article approaches the study of the Urban Food Situation as an analytical way to understand contemporary cities; The center of Campinas has a diverse economic circuit, dynamized by the flow of workers that pervades the region daily. Resulting from an unequal city, a popular food trade stands out from this economic circuit. For this analysis, one makes use of the theory of the two circuits of the urban economy and of the socially necessary market. Thus, the center of the city of Campinas is discussed as the shelter of the poor urban food practices.

Keywords: Urban Food Situation, center of Campinas, popular sales off food

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Livia Cangiano Antipon, Universidade Estadual de Campinas

Bacharel e Mestra em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas

Downloads

Publicado

2018-11-28

Como Citar

ANTIPON, L. C. Uma Situação Alimentar Urbana: o comércio popular de alimentação no centro de Campinas/An Urban Food Situation: the popular sales off food in the center of Campinas. Geografares, [S. l.], n. 27, p. 139–157, 2018. DOI: 10.7147/GEO27.21475. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/21475. Acesso em: 18 jun. 2021.

Edição

Seção

Artigos