(RE)APRESENTAÇÕES CARTOGRÁFICAS DO ESPAÇO MUNICIPAL: MAPAS ARTÍSTICOS EM DERIVA DA CARTOGRAFIA ESCOLAR / Cartographic (re)presentations of local space: artistic maps adrift from School Cartography

Autores

  • Cassio Expedito
  • Jörn Seemann

DOI:

https://doi.org/10.7147/GEO17.8053

Resumo

Partindo da importância de relacionar no ensino o conteúdo com a paisagem que se observa, queremos aqui propor umareflexão através do uso de mapas mentais para a percepção da paisagem vivida do aluno. Essa alegação será defendidaatravés de um estudo de caso realizado nas escolas públicas do município de Barbalha, no Sul do Ceará. Baseando-senas reflexões de Deleuze e Guattari, queremos expor que o mapa não é um decalque ilustrativo na aula, mas é múltiplo,singular, rizomático. Deste modo, almejamos desvendar essas geografias não visíveis no livro didático que são geografiaspessoais com suas paisagens impregnadas de crenças, ideologias e sentimentos que se tem do local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-08-08

Como Citar

EXPEDITO, C.; SEEMANN, J. (RE)APRESENTAÇÕES CARTOGRÁFICAS DO ESPAÇO MUNICIPAL: MAPAS ARTÍSTICOS EM DERIVA DA CARTOGRAFIA ESCOLAR / Cartographic (re)presentations of local space: artistic maps adrift from School Cartography. Geografares, [S. l.], n. 17, p. 48–65, 2014. DOI: 10.7147/GEO17.8053. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/8053. Acesso em: 13 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos