CARTA PESSOAL: DO DIÁLOGO AO MONÓLOGO COMO MEIO DE EXPRESSÃO, REFLEXÃO, ENFRENTAMENTO DOS MEDOS E HUMANIZAÇÃO.

Autores

  • Rogério Nascimento Bortolin Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR - Londrina
  • Evandro Melo Catelão Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Givan José Ferreira dos Santos Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Resumo

O trabalho com os gêneros textuais é uma prática bem vista em sala de aula, haja vista as possibilidades dos caminhos que se podem trilhar. O gênero carta pessoal foi o escolhido para o desenvolvimento de uma oficina de produção de texto que culminou na escrita desse artigo. A novidade, porém, foi a abordagem “desconstruída” e inovadora que foi dada a tal trabalho. Os objetivos eram quebrar a característica dialógica desse gênero, transformando-a em um monólogo e de levar os alunos a se expressarem, refletirem, enfrentarem os seus medos e caminhar assim em direção a humanização. As produções e interpretações dos comandos para escrever cartas para os heróis, vilões e para o “eu” do futuro foram os disparadores da oficina que obteve resultados alem dos esperados e que podem ser comprovados nas análises de três cartas escolhidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Nascimento Bortolin, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR - Londrina

Mestrando em Ensino de Ciências Humanas, pelas Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação (Mestrado Profissional) em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza.

Evandro Melo Catelão, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Programa de Pós Graduação (Mesrado Profissonal) em Ensino de Ciências Humans, Sociais e da Natureza

Givan José Ferreira dos Santos, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Programa de Pós Graduação (Mesrado Profissonal) em Ensino de Ciências Humans, Sociais e da Natureza

Downloads

Publicado

2017-12-25

Como Citar

BORTOLIN, R. N.; CATELÃO, E. M.; FERREIRA DOS SANTOS, G. J. CARTA PESSOAL: DO DIÁLOGO AO MONÓLOGO COMO MEIO DE EXPRESSÃO, REFLEXÃO, ENFRENTAMENTO DOS MEDOS E HUMANIZAÇÃO. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 7, n. 17, p. 121–132, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/17342. Acesso em: 30 nov. 2021.