O estilo nos contos de Chico Anysio: uma análise linguística

Autores

  • Luana Ferraz Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Ana Cristina Carmelino Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Resumo

Com base nas reflexões teóricas de Bakhtin (2010) sobre os gêneros do discurso, este trabalho objetiva a caracterização do gênero conto, destacando a relevância do estilo individual do autor na construção desse tipo de enunciado. Marcado pelo uso criativo da linguagem, o gênero conto mostra-se bastante maleável, o que determina que sua caracterização esteja presa, sobretudo, às escolhas estilísticas efetuadas pelo autor. Sendo assim, buscamos verificar, a partir da análise do conto Tudo é questão de fé, contido na obra O batizado da vaca (1972), de Chico Anysio, algumas das regularidades caracterizadoras do gênero conto de modo geral e, principalmente, alguns dos traços linguísticos recorrentes que ajudam a compor o aclamado estilo desse autor. As análises revelam que Chico Anysio lança mão de diferentes recursos linguísticos e estratégias de ordem sociocognitiva, cultural e interacional, unindo as características determinadas pelo gênero conto a traços estilísticos individuais na construção de uma narrativa claramente direcionada ao público popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2012-07-31

Como Citar

FERRAZ, L.; CARMELINO, A. C. O estilo nos contos de Chico Anysio: uma análise linguística. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 2, n. 4, p. 97–115, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/2161. Acesso em: 18 jan. 2022.