A PRESSUPOSIÇÃO NA LINGUÍSTICA MODERNA: QUESTÕES DE ENSINO

Autores

Resumo

Este artigo versa sobre a pressuposição, tema que é palco para estudos sob diferentes óticas, tais como filosofia, lógica, semântica, pragmática e análise do discurso. Os objetivos centrais deste trabalho são, primeiramente, discutir se as abordagens linguística sobre a pressuposição são conflitantes ao ponto de comprometerem o seu ensino em nível de graduação em Letras. Para tanto, analisamos se há convergências entre as teorias estudadas que sejam capazes de sustentar uma abordagem sobre a pressuposição como fenômeno linguístico e, a seguir, analisamos as abordagens sobre tema presentes em voltados para o ensino de Licenciatura em Letras, com a finalidade de verificar o enfoque teórico-metodológico dado à pressuposição pelos seus autores. Para ilustrar a presença dessa temática na formação do graduando em Letras, observamos o tratamento dado à pressuposição em provas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verônica de Fátima Camargo Soares, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestra em Linguística pela Universidade Federal do Espírito Santo e professora efetiva da Rede Estadual de Ensino do Espírito Santo.

Downloads

Publicado

2019-12-13

Como Citar

CAMARGO SOARES, V. de F. A PRESSUPOSIÇÃO NA LINGUÍSTICA MODERNA: QUESTÕES DE ENSINO. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 9, n. 22, p. 331–346, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/26508. Acesso em: 30 nov. 2021.