"Se Tá Na Internet É Verdade": Análise Discursiva De Fake News Sobre Saúde E Estética

Autores

  • Gustavo Haiden Lacerda
  • Luciana Cristina Ferreira Dias Di Raimo

Resumo

Este artigo discute a relação das fake news com a produção do conhecimento na atualidade, mais precisamente sobre (des)conhecimentos a respeito de saúde e estética. Seguindo os embasamentos teóricos e metodológicos da Análise de discurso, na linha pecheuxtiana, investimos nas noções de circulação digital e de discurso de divulgação científica, a fim de compreender como ocorre a produção de sentidos das notícias falsas a partir da adesão a certos sentidos e da recusa de outros, intervindo, inclusive, na vida (saúde; corpos) dos sujeitos. As análises das fake news apontaram para uma produção de dispersão que encaminha à desinformação e, por fim, ao des-conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Haiden Lacerda

Acadêmico do curso de Letras da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e bolsista de iniciação científica do CNPq.

Luciana Cristina Ferreira Dias Di Raimo

Doutora em Linguística Aplicada (UNICAMP) e docente do Departamento de Língua Portuguesa da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Downloads

Publicado

13-12-2019

Como Citar

LACERDA, G. H.; DIAS DI RAIMO, L. C. F. "Se Tá Na Internet É Verdade": Análise Discursiva De Fake News Sobre Saúde E Estética. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 9, n. 22, p. 178–199, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/26960. Acesso em: 7 dez. 2022.