O PROCESSO DE FIGURAÇÃO NO DISCURSO ORGANIZACIONAL: ANÁLISE DA ORGANIZAÇÃO ESTRATÉGICA DE UMA CARTILHA DA ANVISA

Autores

  • Daniel Martins de Brito Universidade Federal de Minas Gerais
  • Gustavo Ximenes Cunha Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar o processo de figuração (gestão de faces, territórios e lugares) em uma cartilha produzida pela ANVISA. Para alcançar tal objetivo, adotamos como arcabouço teórico e metodológico o Modelo de Análise Modular do Discurso. Na realização do estudo, seguimos um percurso específico de análise, por meio do qual averiguamos como as informações relacionadas ao contexto de produção da cartilha e a mobilização de recursos linguísticos – tais como a materialidade e a hierarquia de informações ativadas no discurso – contribuem para a gestão de faces, territórios e lugares entre a agência reguladora e o leitor em uma cartilha institucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Martins de Brito, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduação em andamento na Faculdade de Letras da UFMG. Bolsista de Iniciação Cientifica (Edital 05/2016 - Pró-Reitoria de Pesquisa) no período de 2017-2018. Bolsista de Iniciação Cientifica Voluntária no período de 2018-2019.

Downloads

Publicado

2020-07-12

Como Citar

BRITO, D. M. de; XIMENES CUNHA, G. . O PROCESSO DE FIGURAÇÃO NO DISCURSO ORGANIZACIONAL: ANÁLISE DA ORGANIZAÇÃO ESTRATÉGICA DE UMA CARTILHA DA ANVISA. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 10, n. 24, p. 52–71, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/28863. Acesso em: 9 dez. 2021.