ENFRENTANDO AS FAKE NEWS: MEMES COMO PRÁTICA EDUCATIVA NA CHECAGEM DE FATOS

Autores

Resumo

Este artigo intenta investigar a utilização de meme como prática de educação cuja finalidade seja a verificação de notícias falsas – as famigeradas fake news. Trata-se de enxergar na imagem memética um instrumento de saber-poder que propicia aos internautas o policiamento de si mesmo em relação a divulgação de conteúdo falso. O meme, enquanto prática discursiva, é vista por nós como elemento que aproxima o debate político da camada popular, uma vez que traz à tona, embora pelo humor, temas complexos, muitas vezes restritas a um determinado grupo social. Neste artigo, buscamos analisar o tratamento pedagógico propiciado pelos memes à checagem de fatos, técnica que insurge com o intuito de mitigar a mentira e trazer a verdade dos acontecimentos. A pedagogização dos memes, nesse sentido, implica em duvidar do teor de uma fake news, que engloba imagens, áudios, notícias, boatos, todos fora da realidade dos fatos. Dito isso, nosso estudo foi desenvolvido sob os pressupostos da Análise do Discurso Foucaltiana, que tem como arcabouço teórico-metodológico as categorias fundadas na arqueogenealogia, oriunda das ideias do filósofo francês Michel Foucault. No mais, vale destacar que esta pesquisa se caracteriza por ser qualitativa, uma vez que utilizamos da interpretação social dos fatos no corpus elegido para análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joseeldo Pereira da Silva Junior, Universidade Federal da Paraíba

Mestrando em Linguística no Programa de Pós-Graduação de Linguística da Universidade Federal da Paraíba. Graduado em Licenciatura Plena em Letras Português na Universidade Estadual da Paraíba - (2017). Desenvolve trabalhos sobre discurso, mídia, gênero e sexualidade.

Downloads

Publicado

2020-07-12

Como Citar

DA SILVA JUNIOR, J. P.; SILVA, F. V. da . ENFRENTANDO AS FAKE NEWS: MEMES COMO PRÁTICA EDUCATIVA NA CHECAGEM DE FATOS . PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 10, n. 24, p. 167–184, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/29001. Acesso em: 9 dez. 2021.