A EXPLICITAÇÃO COMO TRAÇO DE UM HABITUS TRADUTÓRIO PARA BRASILEIRISMOS TERMINOLÓGICOS EM LÍNGUA INGLESA: UM ESTUDO BASEADO NO CORPUS DA OBRA O POVO BRASILEIRO DE DARCY RIBEIRO

Autores

  • Talita Serpa UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
  • Diva Cardoso de Camargo UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

Resumo

O principal objetivo deste trabalho é investigar o comportamento linguístico-social (o habitus) de um tradutor diante dos limites culturais na tradução, analisando, para isso, o uso de traços de explicitação no processo tradutório para o inglês de brasileirismos terminológicos desenvolvidos por Darcy Ribeiro. Para tanto, nos valemos de um corpus paralelo composto pela obra O povo brasileiro (1995) e pela respectiva tradução, realizada por Rabassa. A metodologia utilizada foi dos Estudos da Tradução Baseados em Corpus (BAKER, 1993, 1995, 1996, 2000; CAMARGO, 2005, 2007), da Linguística de Corpus (BERBER SARDINHA, 2004) e da Terminologia (BARROS, 2004). No tocante à análise dos dados, adotamos a Sociologia da Tradução (SIMEONI, 1998, 2007; GOUANVIC, 1995, 1999), além do conceito de habitus, proposto pelo sociólogo Pierre Bourdieu (1980). Acreditamos que, como aponta Baker (1996), a explicitação é uma tendência ou uma conduta do tradutor, o qual explicita, no texto traduzido, trechos que se apresentam implícitos no texto original. Notamos que essa disposição pode ser encontrada na tradução do texto de Ribeiro, evidenciando possíveis dificuldades de conceituar o universo brasileiro em língua inglesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita Serpa, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Estadual Paulista- (IBILCE/UNESP) São José do Rio Preto SP/Brasil. Professora titular do curso de Letras Tradutor e Intérprete da União das Faculdades dos Grandes Lagos – (UNILAGO) São José do Rio Preto SP/Brasil.

Diva Cardoso de Camargo, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

Professora Doutora Livre-Docente pela Universidade Estadual Paulista - (IBILCE/UNESP) São José do Rio Preto SP/Brasil.

Professora Aposentada do Departamento de Letras Modernas da Universidade Estadual Paulista - (IBILCE/UNESP) São José do Rio Preto SP/Brasil.

Professora Convidada do Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Estadual Paulista- (IBILCE/UNESP) São José do Rio Preto SP/Brasil.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2013-11-28

Como Citar

SERPA, T.; DE CAMARGO, D. C. A EXPLICITAÇÃO COMO TRAÇO DE UM HABITUS TRADUTÓRIO PARA BRASILEIRISMOS TERMINOLÓGICOS EM LÍNGUA INGLESA: UM ESTUDO BASEADO NO CORPUS DA OBRA O POVO BRASILEIRO DE DARCY RIBEIRO. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 3, n. 7, p. 61–80, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/4031. Acesso em: 21 set. 2021.