ASSESSORIA DO SERVIÇO SOCIAL E MOVIMENTOS SOCIAIS INSURGENTES EM DEBATE

Autores

  • Roselene de Souza Portela Universidade Federal do Pará
  • Sandra Helena Ribeiro Cruz
  • Milcilene Magalhães da Silva
  • Lidiane Maria Siqueira David

DOI:

https://doi.org/10.22422/temporalis.2020v20n39p191-208

Resumo

O presente artigo traz uma discussão reflexiva sobre a assessoria do Serviço Social junto aos movimentos sociais insurgentes, especificamente a Frente dos Moradores Prejudicados da Bacia Hidrográfica do Una, desenvolvida pelo Programa de Apoio à Reforma Urbana (PARU), num esforço político de fomentar, em Belém, lutas pelo direito à cidade. Evidencia-se a importância da práxis de assessoria junto aos movimentos insurgentes e propõe-se discutir essa correlação com atores sociais pela universidade e pelo Serviço Social. Os procedimentos metodológicos utilizados foram pesquisa bibliográfica e documental sobre a temática da relação de assessoria do Serviço Social e movimentos sociais na contemporaneidade. Tendo como resultados, os processos que circundam essa relação necessária no cotidiano das lutas e organizações dos movimentos sociais insurgentes, no âmbito do direito à cidade. Dentre os processos evidencia-se: o processo da relação política; o processo da relação pedagógica; e o processo técnico-metodológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: As Consequências Humanas. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1999.

CASTEL, Robert. As armadilhas da exclusão. In: WANDERLEY, Luiz Eduardo W; WANDERLEY, Mariangela Belfiore (org). Desigualdade e a Questão Social. 3 ed. São Paulo: educ, 2010.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa qualitativa em Ciências Humanas e Sociais. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2006.

DEMO, Pedro. Metodologia Científica em Ciências Sociais. São Paulo: Atlas, 1995.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LEFEBVRE, Henry. O direito à cidade. São Paulo: Ed. Moraes, 1991.

MARICATO, Ermínia. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. Petrópolis: Vozes, 2001.

MARICATO, Ermínia. As ideias fora do lugar, e o lugar fora das ideias. In: ARANTES, Otília Beatriz Fiori; VAINER, Carlos; MARICATO, Ermínia. A cidade do pensamento único. Desmanchando consensos. Petrópolis, Vozes, 2000.

MINAYO, Maria Cecília de S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 3.ed. São Paulo, Rio de Janeiro: Abrasco, 1996.

Downloads

Publicado

2020-06-26