QUESTÃO AMBIENTAL NO SERVIÇO SOCIAL, AFINAL DO QUE SE TRATA?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22422/temporalis.2021v21n41p381-396

Resumo

O objetivo desse artigo é apresentar uma análise histórica do estudo da questão ambiental na área de conhecimento do Serviço Social brasileiro, visando identificar i) a emergência da temática ambiental e ii) quais conceitos de questão ambiental são cunhados e/ou mais referenciados. A partir da perspectiva teórica-metodológica marxista e da pesquisa bibliográfica, pode-se aferir que a temática tem um percurso de construção de cerca de três décadas, visto ser na década de 1990 quando ocorre o início da produção teórica, indo da ausência de formulação de um conceito de questão ambiental à sua construção, que é permeada por um conjunto de disputas e tensionamentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Mota Mascarenhas, Universidade Federal de Ouro Preto

Docente do curso de Serviço Social da Universidade Federal de Ouro Preto. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal do Espírito Santo. Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Serviço Social. Atualmente tem se dedicado aos temas: crítica da economia política, questão ambiental, pobreza, liberdade e barbárie.

Downloads

Publicado

2021-07-01