CRISE DO CAPITAL, CONTRARREFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL E PANDEMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22422/temporalis.2021v21n41p237-255

Resumo

Este estudo bibliográfico e documental, de natureza qualitativa, objetiva discutir a situação dos trabalhadores/as brasileiros/as com a crise do capital agravado com a pandemia Coronavírus e a contrarreforma[1] na previdência social. As proposições de estudos que tratam sobre a crise do capital em meio à pandemia do Coronavírus constituem-se em um campo de alta complexidade social, econômica, política e teórica. Na conjuntura brasileira se agrava ainda mais, pois, vivencia-se um momento de ataques brutais aos direitos sociais e trabalhistas conquistados historicamente. Destaca-se que todo esse processo vem afetando diretamente os trabalhadores e trabalhadoras em sua sobrevivência, desafiando estudiosos por respostas que subsidiem enfrentamentos. Em síntese, o estudo denuncia o agravamento das condições de vida da população e a fragilidade das políticas sociais, como a previdência social no enfrentamento a esse contexto. Por isso, a necessidade de pesquisas aprofundadas que possam contribuir no desvelamento das relações sociais constituídas, já o pressuposto é assegurar os interesses do capital, ou seja, os lucros, em detrimento da vida.

 

[1] A categoria “contrarreforma” foi originalmente trabalhada pela Elaine Behring no livro: Brasil em contra-reforma: a desestruturação do Estado e perda de direitos. São Paulo: Cortez, 2003.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Maria Baima Cartaxo , Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Doutora, Professora do Programa de Pós -Graduação em Serviço Social – UFSC, Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social – PPGSS. Centro Socioeconômico – CSE. R. Eng. Agronômico Andrei Cristian Ferreira,s/n - Trindade, Florianópolis -SC, 88040-900. site www.ppgss.ufsc.br. E-mail: Secretaria de Pós Graduação em Serviço Social:ppgss@contato.ufsc.br. E-mail (pessoal) anacartaxo@uol.com.br/ana.cartaxao@ufsc.br/acartaxo4@gmail.com.ORCID- https://orcid.org/0000-0002-4150-5342

Downloads

Publicado

2021-07-01