A PERSPECTIVA BIOGRÁFICA DE “CAPÍTULO 4, VERSÍCULO 3” DOS RACIONAIS MC’S

Tatiana Aparecida Moreira

Resumo


Neste artigo, apresentamos análise que integra nossa tese de doutorado cujo objetivo foi analisar raps, do grupo Racionais MC‟s e do rapper MV Bill, a fim de examinar como o poder operava na instância de produção, especialmente no processo de autoria, comparando-os com raps portugueses do grupo Mind da Gap e do rapper Boss AC. Assim, das análises feitas, mostraremos a do rap “Capítulo 4, versículo 3”, do grupo Racionais MC’s, a partir dos pressupostos teóricos e metodológicos de Bakhtin (2003) e de Foucault (1995), a fim de verificar como as relações de poder e a relação entre narrador e personagem emergiam, discursivamente, na letra do referido rap. Desse modo, a nossa discussão expõe em que medida o caráter biográfico e dialógico, que essa canção possui, reflete e refrata situações cotidianas da periferia, como a violência física e simbólica.

 


Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista (Con) Textos Linguísticos


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.