Do som, do gesto e da cor na Educação Infantil: diálogos possíveis e necessários

  • Bianca Barbosa Barbosa Ladislau Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

Este artigo se constitui na/da experiência proporcionada pelo estágio supervisionado na Educação Infantil com crianças de 3 e 4 anos, onde, partindo da problemática da escassez da presença de elementos e recursos como a pintura, feita de forma criativa, a gestualidade e a interação com instrumentos e sons, realizamos um projeto que visava o contato das crianças com essas diferentes linguagens. A fim de aguçar os sentidos, e propiciar, mesmo que brevemente, o contato com outras linguagens artísticas na formação das crianças na Educação Infantil, buscamos dialogar com Holm (2005), Ostetto (2011), Girardello (2011), Nogueira (2011), Góes (2014) e Larrosa (2004), assim como para pensar o tempo da experiência com Arte na Educação Infantil.

Biografia do Autor

Bianca Barbosa Barbosa Ladislau, Universidade Federal do Espírito Santo
Estudante de licenciatura em Artes Visuais na Universidade Federal do Espírito Santo, com pesquisa em Teoria e crítica de arte.
Publicado
2019-09-09