Política de Assistência Social: avaliação da gestão municipal a partir do Censo SUAS

Autores

  • Marina Caetano Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Gleny Terezinha Duro Guimarães PUCRS http://orcid.org/0000-0001-7465-1330
  • Marlene Rosa de Oliveira Fiorotti Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.47456/argumentum.v13i1.30158

Resumo

Este artigo tem o objetivo de refletir sobre a gestão municipal do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) a partir da análise dos dados informados no Censo SUAS nos anos de 2016 e 2017. Ele resulta de pesquisa qualitativa, de cunho exploratório, tendo como referencial o método do materialismo histórico. O texto examina alguns dados com base na técnica temática da análise de conteúdo. Ele ressalta avanços na área de apoio técnico aos trabalhadores e gestores dos municípios por parte do Estado, mas também destaca o desmonte de setores como a Gestão do SUAS. De forma geral, identifica-se a necessidade de aprimoramento na execução da política de Assistência Social, visando qualificar a oferta de serviço para a população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Caetano, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Bacharel em Serviço Social pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) (2009). Especialista em Gestão do Social pela UNISINOS (2012). Mestra (bolsista: PROSUP/CAPES) em Ciências Sociais junto ao Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais da UNISINOS, na linha de pesquisa: Atores Sociais, Políticas Públicas e Cidadania (2015). Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social do Trabalho. Servidora pública municipal de Gravataí, desde 2010. Atualmente na coordenação dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, na política de Assistência Social. Doutoranda (bolsista: PROEX/CAPES) no Programa de Pós-graduação em Serviço Social, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), integrante pesquisadora no Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho, Território e Cotidiano.

Gleny Terezinha Duro Guimarães, PUCRS

Docente no Curso de Serviço Social e no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Escola de Humanidades da PUCRS (1991). Docente colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática, da Escola de Ciências da PUCRS (2019). Pesquisadora Produtividade do Cnpq. Possui Pós-Doutorado em Serviço Social pela Universidade Católica Portuguesa - Lisboa (2005); Doutorado em Serviço Social pela PUCSP (1995); Mestrado em Serviço Social pela PUCRS (1991); Graduação em Serviço Social pela PUCRS (1986); Graduação em Pedagogia pela UFRGS (1987); Graduação em Filosofia pela PUCRS (2017). Possui experiência na área de Serviço Social com ênfase em Fundamentos do Serviço Social e Serviço Social Aplicado. Atualmente investiga as seguintes temáticas: políticas sociais, processos de trabalho, trabalho associado, análise de discurso, território. Atuação atual: Coordena o Grupo de Pesquisas sobre Cotidiano, Trabalho e Território - GEPsT, desde 1996. Pesquisadora Associada do Observatório das Metrópoles, vinculado ao INCT (2015 a 2019). Membro do Conselho editorial da EDIPUCRS (2018). Membro do Conselho Editorial da Revista Vértices (2019). Membro da Comissão de Avaliação de Cursos da Graduação INEP/MEC (2018); Parecerista Ad hoc de várias revistas na área das Ciências Humanas e Sociais. Doutoranda em Análise de Discurso no PPGL/UFRGS. Atividades de gestão já realizadas: Coordenadora do Departamento de Supervisão e Práticas da FSS/PUCRS, (2011 a 2014). Vice-Presidente da Região Sul I da ABEPSS, na gestão 1998 a 2000; Coordenadora do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Serviço Social da PUCRS em 1998.

Marlene Rosa de Oliveira Fiorotti, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Possui graduação em SERVIÇO SOCIAL pela Universidade Luterana do Brasil (1993), especialização em Terapia de Família pela UFRGS (1999) especialização em política social pela UNB ( 2002), mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do RS (2005), especialização em gestão do cuidado pela UFSC ( 2011), Doutora pela PUCRS (2020/1). Assistente social concursada da Prefeitura Municipal de Viamão. Experiência na área da política de Assistência Social, desde 1994, no campo da execução, gestão e Assessoria, atuando principalmente nos seguintes temas: SUAS(Sistema Único de Assistência Social),trabalho em rede, Acolhimento institucional Criança e adolescente, controle social, reordenamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Implantação de CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) e CREAS (Centro de Referência Especializada em Assistência Social), planejamento operacional, processos de trabalho e metodologia, implantação da vigilância socioassistencial: Diagnóstico socioterritorial, monitoramento e avaliação e gestão da informação. Doutoranda, realizou estágio de docência em 2016. Em 2015 e 2016 ministrou aulas( como convidada) na universidade do Vale dos Sinos e na PUCRS, sobre as seguintes temáticas: Vigilância socioassistencial, diagnóstico socioterrirtorial; processos de trabalho no politica de assistência social, fundamentos do Serviço social, entre outras. Compõe equipe de pesquisadores do GEPst- Grupo de Pesquisa sobre Cotidiano, Trabalho e Território.Atualmente está assessorando Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, na condição de trabalhadora da Vigilância socioassistencial desa secretaria, na construção coletiva do Protocolo da PSB e Protocolo da PSE media e alta complexidade, bem como o protocolo da equipe de gestão do SUAS Viamão.Professora no CAPACITASUAS executado pela UNIASSELVI a partir de maio de 2019. Assessorias realizadas: Prefeitura de Esteio - reordenamento da Assistência Social em vista da implantação do SUAS, planejamento estratégico operacional da política de assistência Social e SUAS e a implantação da Gestão do Trabalho. Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha: Reordenamento da Assistência Social em vista da implantação do SUAS. Prefeitura de Canoas: Implantação da Vigilância socioassistencial período : 2013-2016

Downloads

Publicado

2021-04-30

Como Citar

Caetano, M., Guimarães, G. T. D., & Fiorotti, M. R. de O. (2021). Política de Assistência Social: avaliação da gestão municipal a partir do Censo SUAS . Argumentum, 13(1), 187–198. https://doi.org/10.47456/argumentum.v13i1.30158

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)