Possíveis estratégias de tradução de oralidade em literatura no contexto de Of Mice and Men de John Steinbeck

Autores

  • Ana Lúcia da Silva Kfouri Universidade de São Paulo - USP
  • Lenita Maria Rimoli Pisetta Universidade de São Paulo - USP

Resumo

Este trabalho tem por objetivo discutir as marcas de oralidade empregadas por John Steinbeck ao conceber as falas das personagens na obra Of Mice and Men, publicada em 1937. Recursos visuais gráficos, emprego de sintaxe muitas vezes fora da norma culta padrão em inglês e uso de vocábulos extremamente informais foram as principais estratégias empregadas pelo autor. A partir dessa análise, o trabalho também visa a apresentar possíveis estratégias de tradução em português brasileiro a fim de dar conta, na tradução, de tais marcas de oralidade em nosso idioma. Verificou-se que seguindo as mesmas estratégias do autor original, foi possível obter uma tradução que mantivesse naturalidade e verossimilhança com marcas de oralidade encontradas nos discursos comumente usados por pessoas.

 

PALAVRAS-CHAVE: John Steinbeck. Of Mice and Men. Marcas de oralidade. Estratégias de Tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-11-23

Edição

Seção

Dossiê LITERATURA E TRADUÇÃO (n. 40)