CORRELAÇÃO E ARGUMENTAÇÃO

Autores

  • Virgínia B. B. Abrahão Ufes

Resumo

Neste artigo pretende-se discutir as possibilidades lógicas da correlação enquanto processo sintático autônomo; examinar a classificação proposta pela NGB para esse tipo de estrutura; e, por fim, levantar os argumentos de alguns autores com relação aos problemas envolvidos nas noções sintáticas tradicionais de coordenação e subordinação e as possibilidades de essas noções abarcarem a correlação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads