ARTE PÚBLICA: Restrições Estruturais e Como Lidar com Elas, de Karl Schawelka

Autores

  • André Arçari PPGA-UFES
  • Renata Perim ESDI-UERJ

DOI:

https://doi.org/10.47456/rf.v1i9.11369

Resumo

Com o intuito de compreender a atual situação, algumas considerações históricas poderão ser úteis. Vou começar com um episódio descrito por Vasari. De acordo com o pes­quisador, em 1504 foi dado ao jovem e relativamente pou­co conhecido Michelangelo, uni enorme bloco de mármore para trabalhar, o qual era, contudo, julgado impossível de ser esculpido devido a uma rachadura em sua parte infe­rior. Como todos nós sabemos, não obstante, essa enco­menda foi relizada e e resultou em um tremendo sucesso, o famoso David. Essa escultura foi originalmente destinada a servir como um adorno que se localizava na parte externa da parede do clerestório, em uma catedral, no âmbito de um programa que estava relacionado aos vários heróis do Velho Testamento. Todavia, quando Michelangelo finalizou o trabalho, todos concordaram que a escultura merecia um lugar melhor. [...]

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-10-31

Como Citar

Arçari, A., & Perim, R. (2015). ARTE PÚBLICA: Restrições Estruturais e Como Lidar com Elas, de Karl Schawelka. Revista Farol, 9(9), 136–145. https://doi.org/10.47456/rf.v1i9.11369

Edição

Seção

Traduções

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)