O turismo e as midias sociais: novas formas de aproximação do sujeito e espaço espaço em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/geo.v1i32.35319

Palavras-chave:

Mídias Sociais; Atividades Turísticas; Covid-19;

Resumo

O artigo tem como objetivo discutir a interface entre o turismo, formas de lazer e as mídias sociais, sobretudo em tempos de pandemia por conta da rápida disseminação da Covid-19. Em meio às adversidades colocadas no cenário atual, a tecnologia tem se despontado, de forma mais visível, como uma ferramenta de acesso e compartilhamento de informações. Para esta análise, recorreu-se a uma abordagem exploratória descritiva, analisando-se casos ilustrativos de ações e projetos veiculados nas mídias sociais de páginas turísticas e culturais. A partir das análises e interpretações foi possível observar diversos projetos e ideias sendo construídos com o intuito de aproximar o turista com o espaço e como uma forma de propagação de atratividades turísticas e culturais em meio as adversidades colocadas pelo distanciamento social. A tecnologia se colocou como uma ferramenta neste processo, transformando o acesso e compartilhamento de experiências. As mídias sociais têm adquirido um papel relevante neste cenário, proporcionando experiências de visitação a locais turísticos sem um contato físico pré-definido e se apresentando como uma complementação às experiências turísticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karine de Almeida Paula, Universidade Federal de Viçosa / Centro Universitário de Viçosa

Graduada em Geografia pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Mestre em Arquitetura e Urbanismo, na seguinte linha de pesquisa: Planejamento do Espaço Urbano e Regional, pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Professora nos cursos de Engenharia Ambiental e Arquitetura no Centro Universitário de Viçosa. Atualmente é Doutoranda no programa de pós graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFV. 

Teresa Cristina de Almeida Faria , Universidade Federal de Viçosa

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula (1983); mestrado (1997) e doutorado (2004) em Planejamento Urbano e Regional pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional - IPPUR/Universidade Federal do Rio de Janeiro . Pós doutorado em arquitetura e urbanismo na Universidade Federal Fluminense - UFF. Atualmente é professora Adjunto do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Viçosa/MG, atuando na graduação e na pós-graduação. 

Referências

AIRBNB. O que são as experiências do Airbnb?. 2020. Disponível em: https://www.airbnb.com.br/help/article/1581/o-que-s%C3%A3o-as experi%C3%AAncias-do-airbnb. [Consultado em: 14 jul. 2020]

BRITOS, F. W. C.; FREITAS, A. A. F. Em busca de “likes”: A influência das mídias sociais no comportamento do consumidor no consumo de viagens. PASOS. Revista de Turismo y Patrimônio Cultural, v. 17, p. 1, p. 113-128. 2019. Disponível em: https://doi.org/10.25145/j.pasos.2019.17.008. [Consultado em: 30 junho de 2019]

CASTRO, C. A. C.; TAVARES, M. G. C. Processos de turistificação do espaço do patrimônio cultural: um estudo no centro histórico de Belém-PA. Turismo: Estudos & Práticas (RTEP/UERN), v. 5, n. 1, p. 57 – 87. 2016. Disponível em: http://periodicos.uern.br/index.php/turismo/article/view/1964/1062. [Consultado em: 05 abril de 2019]

CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO – CETIC. Três em cada quatro brasileiros já utilizam a Internet, aponta pesquisa TIC Domicílios. 2020. Disponível em: https://cetic.br/pt/noticia/tres-em-cada-quatro-brasileiros-ja-utilizam-a-internet-aponta-pesquisa-tic-domicilios-2019/. [Consultado em: 10 jul. 2020]

CHUA, A.; SERVILLO, L.; MARCHEGGIANI, E.; VANDE MOERE, A. Mapping Cilento: Using geotagged social media data to characterize tourist flows in southern Italy. Tourism Management, v. 57, p. 295 – 310. 2016.

DONAIRE, J. A.; GALÍ, N. La imagen turística de Barcelona en la comunidad de Flickr. Cuadernos de Turismo, v. 27, p. 291-303. 2011. Disponível em:https://revistas.um.es/turismo/article/view/139961. [Consultado em: 10 agosto de 2019]

ERA VIRTUAL. Visitas virtuais imersivas. 2020. Disponível em: https://www.eravirtual.org/. [Consultado em: 03 jul. 2020]

GALÍ, N.; DONAIRE, J. A. Tourists taking photographs: the long tail in tourists' perceived image of Barcelona. Current Issues in Tourism, v. 18, n. 9, p. 37-41. 2015. Disponivel em: http://dx.doi.org/ 10.1080/13683500. 2015.1037255.

GÂNDARA, J. M. G. A. Imagem dos Destinos Turísticos Urbanos. Revista eletrônica de Turismo Cultural. Número Especial, v.1, n.22. 2008. Disponível em: http://www.eca.usp.br/turismocultural/aimagem.pdf. [Consultado em: 25 setembro de 2019]

GOSSLING, S.; SCOTT, D.; HALL, M. Pandemics, tourism and global change: a rapid assessment of Covid-19. Journal of Sustainable Tourism, 1-20. 2020. https://doi.org/10.1080/09669582.2020.1758708

KEMP. S. Digital in 2018: world’s internet users pass the 4 billion mark. 2018. Disponível em: https://wearesocial.com/blog/2018/01/global-digital-report-2018 . [Consultado em: 10 jul. 2020]

LÉVY, P. O que é o virtual? Tradução de Paulo Noves. São Paulo: Editora 34, 1996. 160 p.

LÉVY, P. Cibercultura. Tradução Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 1999. 264 p.

MACHADO, D. F. C. A influência das redes sociais na imagem do destino e na intenção de visita. CULTUR, v. 10, p. 2, p. 44 – 48. 2016. Disponível em: http://periodicos.uesc.br/.

MACHADO, D.; MEDEIROS, M.; SILVA, B. Do voyeurismo virtual à aprendizagem social: efeitos da visualização de fotografias de viagens no comportamento dos usuários de redes sociais. Revista Turismo & Desenvolvimento, v. 27/28, p. 1423 – 1434. 2017.

MINISTÉRIO DO TURISMO. Visitar cidades turísticas “em tempo real” é opção durante isolamento social. 2020a. Disponivel em: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/13566-visitar-cidades-tur%C3%ADsticas-%E2%80%9Cem-tempo-real%E2%80%9D-%C3%A9-op%C3%A7%C3%A3o-em-tempos-de-quarentena.html. [Consultado em: 12 jul. 2020]

MINISTÉRIO DO TURISMO. Série de lives reúne destinos brasileiros para promover a valorização do turismo. 2020b. Disponivel em: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/13489-s%C3%A9rie-de-lives-re%C3%BAne-destinos-brasileiros-para-promover-a valoriza%C3%A7%C3%A3o-do-turismo.html. [Consultado em: 12 jul. 2020]

MONTOYA, G. A. G.; JIMÉNEZ, M. Á. S.; CORONIL, A. G. Redes sociales como medio de promoción turística en los países ibero-americanos. Retos Revista de Ciencias de la Administración y Economía, v. 15, n. 8, p. 135-150. 2020. Disponivel em: https://doi.org/10.17163/ret.n15.2018.09.

O GLOBO. Guias de turismo cariocas criam site para passeios virtuais pelo Brasil. 2020. Disponível em: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/guias-de-turismo-cariocas-criam-site-para-passeios-virtuais-pelo-brasil-24418001. [Consultado em: 02 jul. 2020]

SANTOS, G. C. O.; CABRAL, B. C. O.; Gosling, M.; Christino, J. M. M. As redes sociais e o turismo: uma análise do compartilhamento no Instagram do Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes. Revista Iberoamericana de Turismo- RITUR, v. 7, n. 2, p. 60-85. 2017. Disponível em: DOI: 10.2436/20.8070.01.55.

SEVERO, M. Tweets com geotags: ontem, hoje e amanhã. 2019. Disponivel: https://www.martasevero.com/geotagged-tweets-yesterday-today-and-tomorrow/.

SOUZA, S. C.; MACHADO, D. F. C. Uso e Influência das Mídias Sociais no Planejamento de Viagens: um estudo quantitativo. Revista Turismo e Analise, v. 28, n. 2, p. 254-270. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v28i2p254-270.

SOUSA, B. B.; MACHADO, A. F.; IGREJA, C. M.; CAMPOS, J. G. As redes sociais como veículo para combater os efeitos nefastos do covid-19: um estudo exploratório no contexto turístico português. Cambiassu, v. 15, n. 25, p. 21-35. 2020

TURISMO VIRTUAL NO BRASIL. Passeios virtuais 2020. Disponível em: https://turismovirtualnobrasil.com.br/. [Consultado em: 02 jul. 2020]

ZENKER, S.; KOCK, F. The coronavirus pandemic – A critical discussion of a tourism research agenda. Tourism Management, v. 81, December 2020. Disponivel em: https://doi.org/10.1016/j.tourman.2020.104164.

Downloads

Publicado

2021-07-21

Como Citar

DE ALMEIDA PAULA, K.; DE ALMEIDA FARIA , T. C. O turismo e as midias sociais: novas formas de aproximação do sujeito e espaço espaço em tempos de pandemia. Geografares, [S. l.], v. 1, n. 32, p. 178–195, 2021. DOI: 10.47456/geo.v1i32.35319. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/35319. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Geografizando a pandemia. Entrelugares do adoecimento existencial