A Resistência feminista e a luta pela vida na pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/geo.v1i32.35549

Palavras-chave:

Resistência, Solidariedade, Pandemia

Resumo

Uma roda de conversa com duas mulheres (Marcia Palhano, Comissão Pastoral da Terra/Maranhão e Lida Bejarano, Equipe de base Warmis - Convergência das culturas/São Paulo) trouxe à tona o protagonismo feminino na linha de frente no embate a pandemia do COVID-19, afirmando que a luta é pela vida e pelas condições dignas de (re)existência em meio a um cenário de incertezas, onde diversas violências estruturais –mas não novas- ficaram exacerbadas. Este texto discute algumas problemáticas derivadas do instaurado sistema capitalista e suas práticas racistas e patriarcais sobre corpos de mulheres, entendendo que, a resistência ao dito sistema e as propostas de renovação, são urgentes para preservar a vida. Neste sentido, a importância dos movimentos sociais, a defesa dos territórios, as redes de solidariedades e a urgência de alternativas nas relações com a natureza, ressaltam neste período de crise, que não é apenas epidemiológica como também social, política e econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ginneth Pulido Gómez, Universidade de São Paulo

Sou Geografia e Engenheira Ambiental; Mestra em Ciência Ambiental pelo Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (USP) e atualmente doutoranda no programa de Geografia Humana da mesma universidade. Possuo experiência nas áreas de geografia política, geopolítica dos recursos naturais, planejamento territorial e políticas públicas. Trabalhei como geógrafa da equipe de pesquisa de Análise de Situação de Saúde no Hospital Rafael Uribe Uribe, um ramo da Secretaria da Saúde de Bogotá D.C. Além disso, possuo experiência como professora, na elaboração de documentos de trabalho comunitário, como entrevistas e cartografia social. Eu trabalho bem em equipes de trabalho e me desenvolvo de forma responsável no cumprimento de minhas tarefas e objetivos.

Jessica Aparecida Correa, Universidade de São Paulo

Formada em Geografia (licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/UNESP campus Rio Claro/SP. Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo/USP.  Bolsista FAPESP com os seguintes temas de pesquisa: Formação territorial do Brasil; Geografia Histórica; Resistência Indígena; Territórios Originários, Século XVIII, Geopolítica Pombalina, Cartografia Histórica da Guerra Contra os Indígenas e Expedições Militares Demarcatórias.

Priscila Viana Alves

Formada em Geografia (Licenciatura) pelo Instituto Federal Fluminense, Mestre em Geografia pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente é doutoranda em Geografia Humana da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo/USP. Bolsista CAPES com os seguintes temas de pesquisa: Questão Ambiental, Organizações e movimentos sociais contemporâneos, experiências do bem viver na América Latina, Teia dos Povos no Brasil.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGROECOLOGIA. Cadernos de Agroecologia: Anais do III Colóquio Internacional Feminismo e Agroecologia, Recife, v. 15, n. 3, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3rZs8o2. Acesso em: 28 mar. 2021.

AUXÍLIO emergencial será moeda de troca para ajuste fiscal; entenda o acordo. Brasil de Fato, São Paulo, 18 fev. 2021. Disponível em: https://bit.ly/3s3VZvt. Acesso em: 9 abr. 2021.

BARCELLOS, Thais. Damares levou e adotou índia de forma irregular, diz tribo. Terra, [S.l.], 31 jan. 2019. Disponível em https://bit.ly/2Q6Cxkt. Acesso em: 9 abr. 2021.

BASSO, Jussara. Como está a vida de Maria – mulher, negra e periférica – durante a epidemia de coronavírus. CartaCapital, [S.l.], 18 abr. 2020. Disponível em: https://cutt.ly/ylhgMad. Acesso em: 22 fev. 2021.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 2012.

BRASIL. Lei nº 13.104, de 9 de março de 2015. Altera o art. 121 do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio, e o art. 1º da Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o feminicídio no rol dos crimes hediondos. Diário Oficial da União, Brasília, seção 1, p. 1, 10 mar. 2015. Disponível em: https://bit.ly/3wvYbiK. Acesso em: 5 abr. 2021.

BRUM, Eliane. Pesquisa revela que Bolsonaro executou uma “estratégia institucional de propagação do coronavírus”. El País, [S.l.], 21 jan. 2021. Disponível em: https://bit.ly/3dVbNfb. Acesso em: 9 abr. 2021.

CARVALHO, Igor. Frente mista pede prorrogação do auxílio emergencial e divulga manifesto. Brasil de Fato, São Paulo, 10 fev. 2021. Disponível em: https://cutt.ly/JlhEI1U. Acesso em: 9 abr. 2021.

CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS DE DIREITO SANITÁRIO DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO; CONECTAS DIREITOS. Direitos na Pandemia: Mapeamento e Análise das Normas Jurídicas de Resposta à Covid-19 no Brasil, São Paulo, boletim 10, 20 jan. 2021. Disponível em: https://bit.ly/325EbFy. Acesso em: 9 abr. 2021.

COLETIVO NACIONAL DE GÊNERO DO MST. A quarentena, o fascista e a violência contra as mulheres. MST, [S.l.], 3 jun. 2020. Disponível em: https://cutt.ly/5lhRtjZ. Acesso em: 9 abr. 2021.

CONSTRUINDO um diálogo: feminismo e agroecologia. Fase, [S.l.], 11 dez. 2005. Disponível em: https://bit.ly/3t1wyvQ. Acesso em: 7 abr. 2021.

DINIZ, Débora; CARINO, Giselle. Patroas, empregadas e coronavírus. El País, [S.l.], 20 mar. 2020. Disponível em: https://bityli.com/60FPD. Acesso em: 17 fev. 2021.

ESTADÃO CONTEÚDO. Ibama e Funai abrem espaço para produção agrícola em terras indígenas. CartaCapital, [S.l.], 25 fev. 2021. Disponível em: https://bit.ly/2RdrJl3. Acesso em: 5 abr. 2021.

FIGUEIREDO, Ângela. Carta de uma ex-mulata a Judith Butler. In: HOLLANDA, Heloísa Buarque de (org.). Pensamento feminista hoje: perspectivas decoloniais. Rio de Janeiro: Bazar do Tempo, 2020. p. 282-303.

FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA. Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, [S.l.], ano 14, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3s7dbAn. Acesso em: 9 abr. 2021.

GOVERNO muda regras para receber o auxílio emergencial de R $300. Jornal Contábil, [S.l.], 16 set. 2020. Disponível em: https://bit.ly/3takbOi. Acesso em: 9 abr. 2021.

GRUPO DE TRABALHO MULHERES DA ANA. Sem feminismo não há agroecologia! In: ENCONTRO NACIONAL DE AGROECOLOGIA, 4., 2018, Belo Horizonte. Anais […]. Rio de Janeiro: Articulação Nacional de Agroecologia, 2018. Disponível em: https://bit.ly/3wLdrIA. Acesso em: 7 abr. 2021.

HAESBAERT, Rogério. Do corpo-território ao território-corpo (da terra): contribuições decoloniais. Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia, Niterói, v. 22, n. 48, p. 75-90, jan.-jun. 2020. Disponível em: https://bit.ly/2RfJZdI. Acesso em: 28 mar. 2021.

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. Tradução: Carlos Szlak. São Paulo: Annablume, 2005.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PNAD Contínua. Rio de Janeiro: IBGE, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3cYSa6E. Acesso em: 22 fev. 2021.

IEA/USP INSTITUTO DE ESTUDOS AVANÇADOS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Territórios em intempérie – desigualdade de gênero na pandemia: o ODS 5 no cenário pós covid-19. [S.l.: s.n.], 2020. 1 vídeo (194 min). Publicado no canal Instituto de Estudos Avançados da USP. YouTube. Disponível em: https://youtu.be/xThNq5bva-w. Acesso em: 20 dez. 2020.

LIDNER, Julia; VENTURA, Manoel; GÓES, Bruno. Auxílio emergencial: governo e Congresso chegam a acordo por medidas de ajuste fiscal para retomada do pagamento. O Globo, Rio de Janeiro, 12 fev. 2021. Disponível em: https://glo.bo/3uF0L4o. Acesso em: 9 abr. 2021.

LIMA, Kátia Regina de Souza. Desafios éticos e políticos da luta de classes e o mito da democracia racial em Florestan Fernandes. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 20, p. 356-362, 2017. Disponível em: https://bit.ly/3uhpAEb. Acesso em: 19 fev. 2021.

LUPIOM, Bruno. Sem auxílio emergencial, o Brasil deve ter mais de 20 milhões em pobreza extrema. Deutsche Welle, [S.l.], 14 jan. 2021. Disponível em: https://bit.ly/3wJnA8Q. Acesso em: 9 abr. 2021.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. 3. ed. São Paulo: n-1 edições, 2018.

MINISTÉRIO da Mulher, Família e Direitos Humanos: o que faz? Politize, [S.l.], 24 jul. 2020. Disponível em: https://bit.ly/2OBNvhz. Acesso em: 9 abr. 2021.

MORAES, Antônio Carlos Robert. Geografia histórica do Brasil: capitalismo, território e periferia. São Paulo: Annablume, 2011.

MOVIMENTOS populares realizam ato contra a violência às mulheres. MIQCB (Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco-Babaçu), [S.l.], 27 nov. 2020. Disponível em: https://bityli.com/63DM9. Acesso em: 5 dez 2020.

NOSSA LUTA é pela vida. [S.l.: s.n.]: 2020. 1 vídeo (187 min). Publicado pelo canal APIB Articulação dos Povos Indígenas. YouTube. Disponível em: https://youtu.be/CfSS2yfvxR4. Acesso em: 5 abr. 2021.

OLIVEIRA, Sheila. Uma mulher é morta a cada nove horas durante a pandemia no Brasil. Brasil de Fato, São Paulo, 10 out. 2020. Disponível em: https://bit.ly/3fSCHqk. Acesso em: 5 abr. 2020.

OS 17 OBJETIVOS de desenvolvimento sustentável. Agenda 2030, [S.l.], 1 dez. 2017. Disponível em: http://www.agenda2030.org.br/ods/5/. Acesso em: 17 dez. 2020.

PALHANO, Márcia; BEJARANO, Lida. Primeira Roda de Conversa Mulheres e Resistências: as lutas e as solidariedades durante a pandemia da covid-19. Entrevista cedida a Priscila Viana Alves e Ginneth Pulido Gómez via Google Meet. 2020. 1 vídeo (78 min). Acervo pessoal.

PALUDO, Conceição. Mulheres: resistência e luta em defesa da vida. São Leopoldo: CEBI, 2009.

PAREDES, Julieta. Hilando fino: desde el feminismo comunitario. La Paz: Melanie Cervantes; Comunidad Mujeres Creando Comunidad, 2010. Disponível em: https://bit.ly/3mAy6un. Acesso em: 20 dez. 2020.

PAREDES, Julieta. O feminismo comunitário é uma provocação, queremos revolucionar tudo. Entrevista cedida a Patricia Dopazo Gallego. Instituto Humanitas Unisinos, [S.l.], 23 maio de 2016. Disponível em: https://bit.ly/3fShX27. Acesso em: 5 abr. 2021.

PAREDES, Julieta; GUZMÁN, Adriana A. El tejido de la rebeldía: ¿Qué es el feminismo comunitario? La Paz: Comunidad Mujeres Creando Comunidad; Moreno Artes Gráficas, 2014.

PNAD CONTÍNUA: taxa de desocupação é de 13,9% e taxa de subutilização é de 28,7% no trimestre encerrado em dezembro. Agência IBGE notícias, [S.l.], 26 fev. 2021. Disponível em: https://bit.ly/3t1DxVJ. Acesso em: 4 abr. 2021.

PORTINARI, Natália; SASSINE, Vinícius. A história de Lulu Kamayurá, a índia criada como filha pela ministra Damares Alves. Época, [S.l.], 31 jan. 2019. Disponível em: https://glo.bo/3uHhljQ. Acesso em: 9 abr. 2021.

PULGA, Vanderléia Laodete; CALAÇA, Michela; CINELLI, Catiane; SEIBERT, Iridiani Graciele; CIMA, Justina Inês (org.). Mulheres camponesas: semeando agroecologia, colhendo saúde e autonomia. Porto Alegre: Rede Unida, 2018.

RELATÓRIO de Pesquisa Sem Parar: o trabalho e a vida das mulheres na pandemia. Gênero e Número e SOF – Sempreviva Organização Feminista, [S.l.], 30 jul. 2020. Disponível em: https://bit.ly/3fW0kyn. Acesso em 10 dez 2020.

RIBEIRO, Djamila. A mulher negra na sociedade. Entrevista cedida a Ana Paula Padrão. [S.l.: s.n.], 2020. 1 vídeo (97 min). Publicado no canal Bradesco. YouTube. Disponível em: https://youtu.be/MDOTk3e9gqw. Acesso em: 15 jan. 2021.

RUPP, Isadora. Sem CEP nem celular: a saga para conseguir o auxílio emergencial de R $600. UOL Economia, [S.l.], 15 maio de 2020. Disponível em: https://bit.ly/3t1R67s. Acesso em: 9 abr. 2021.

UM VÍRUS, duas guerras. Relatório. Soluções e boas práticas na coleta e divulgação de dados sobre violência contra a mulher na pandemia. Amazônia Real; AzMina; #Colabora; EcoNordeste; Marco Zero Conteúdo; Portal Catarinas; Ponte Jornalismo. Disponível em: https://projetocolabora.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Relatorio-Um-virus-e-duas-guerras.pdf. 2020.

VALENCIA TRIANA, Sayak. Capitalismo gore. Santa Cruz de Tenerife: Melusina, 2010.

VOX POPULI com Florestan Fernandes. [S.l.: s.n.], 1984. 1 vídeo (57 min). Publicado pelo canal CriticaMente. YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3k2sdVE. Acesso em: 19 fev. 2021.

Downloads

Publicado

2021-07-21

Como Citar

GÓMEZ, G. P. G.; CORREA, J. A. C.; VIANA ALVES, P. V. A. A Resistência feminista e a luta pela vida na pandemia. Geografares, [S. l.], v. 1, n. 32, p. 263–284, 2021. DOI: 10.47456/geo.v1i32.35549. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/35549. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Geografizando a pandemia. Entrelugares do adoecimento existencial