A trajetória de Dona Rosa Maria de Mendonça: uma enjeitada na freguesia da Cidade do Natal (1722?-1797)

Autores

  • Thiago Torres do Nascimento Torres de Paula Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte

Resumo

O objetivo desta pesquisa é, elaborar a trajetória de Dona Rosa Maria de Mendonça, recém-nascida enjeitada na freguesia da Cidade do Natal no século XVIII. As fontes consultadas e examinadas foram: os assentos de batismo, casamento e óbito; os termos de vereação, entre outras. Adotou-se procedimentos quantitativos e qualitativos, havendo mensuração de dados e transcrição de documentos. Por fim, foi possível notar que o enjeitamento dignificava algumas crianças, que a enjeitada estudada casou com alguém de destaque na freguesia, teve filhos legítimos, mas sobretudo sua trajetória só foi possível ser escrita em função dos vestígios deixados por outras pessoas, como: o “pai de criação”, o marido, os filhos e os compadres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Torres do Nascimento Torres de Paula, Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte

Doutor em História pela UFPR (2016), Mestre em História pela UFRN (2009), Bacharel e Licenciado em História pela UFRN (2005). Professor e Historiador do Núcleo Estadual para Paz e Direitos Humanos da SEEC-RN. Pesquisador do LEHS/UFRN (Laboratório de Experimentação em História Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte). Colaborador da Pós-Graduação Lato Sensu do IFRN.  Atualmente desenvolve Estágio Pós-Doutoral em Educação no PPGED/UFRN.

Downloads

Publicado

2020-02-07

Como Citar

DO NASCIMENTO TORRES DE PAULA, T. T. A trajetória de Dona Rosa Maria de Mendonça: uma enjeitada na freguesia da Cidade do Natal (1722?-1797). Revista Ágora, [S. l.], n. 30, p. 237-260, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/24361. Acesso em: 30 set. 2020.

Edição

Seção

Artigos