UMA ANÁLISE SEMIOLINGUÍSTICA DO ESQUETE ENCONTRO

Autores

  • Éderson de Oliveira Cabral Universidade Feevale
  • Vera Lúcia Pires

Resumo

RESUMO: Este trabalho visa analisar um esquete intitulado Encontro, produzido pelo coletivo Porta dos Fundos, pois nesse quadro humorístico percebe-se que há um diálogo, no qual os protagonistas, apesar da conversação, não parecem estar se comunicando. Isso nos remete a diálogos cotidianos que são presenciados, os quais são aparentemente apenas trocas de palavras, na tentativa de se fazer presente socialmente, mas que não têm uma troca efetiva de mensagens, o que evidencia um comportamento social. Para abordar esse comportamento, convoca-se como aporte teórico textos de Mikhail Bakhtin e de seu Círculo e de Patrick Charaudeau. Por meio deste estudo, depreende-se que a compreensão ativamente responsiva nem sempre corresponderá a nossas expectativas, mas isso não faz com que deixe de existir, pois pode ter diversas gradações.

 

Palavras-chave: Esquete. Semiolinguística. Compreensão responsiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-15

Como Citar

CABRAL, Éderson de O.; PIRES, V. L. UMA ANÁLISE SEMIOLINGUÍSTICA DO ESQUETE ENCONTRO. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 8, n. 18, p. 168–184, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/19151. Acesso em: 6 dez. 2021.