“NEGRÃO” E “NEGRINHA”: UM ESTUDO DA VARIAÇÃO NO TRATAMENTO EM CARTAS AMOROSAS DA FAMÍLIA PENNA

Autores

  • Rachel Pereira

Resumo

Estudo da variação da forma pronominal tu em oposição à forma você, na posição de sujeito, em cartas amorosas trocadas entre duas gerações da família Penna, escritas em fins do século XIX e início do século XX. Para a realização da análise, leva-se em conta os pressupostos teóricos da teoria variacionista quantitativa laboviana (Labov, 1994). Os resultados apontam para o maior emprego de tu, enquanto a forma você vai se instaurando no sistema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2012-10-29

Como Citar

PEREIRA, R. “NEGRÃO” E “NEGRINHA”: UM ESTUDO DA VARIAÇÃO NO TRATAMENTO EM CARTAS AMOROSAS DA FAMÍLIA PENNA. PERcursos Linguísticos, [S. l.], v. 2, n. 6, p. 46–61, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/3581. Acesso em: 27 nov. 2021.