Vieira da Cunha – O filho da Atenas Campestre

Autores

  • Vanessa Pereira Vassoler

Palavras-chave:

Vieira da Cunha, O Martello, Caricatura

Resumo

Olhar Cachoeiro do Itapemirim do século passado é lembrar-se dos problemas sociais, das transformações urbanas, da crise política e do rico contexto cultural que surgia graças à economia do município no período e da avidez da elite intelectual por cultura. Nesse cenário, intelectuais capixabas de realidade campestre revolucionaram a cultura local e expandiram fronteiras. Fizeram versos, poesia, política, jornais e revistas e propagaram a realidade da sociedade e seus costumes e ideais. Este artigo pretende ser o começo de um estudo sobre o periódico “O Martello”, a linguagem e discurso de Vieira da Cunha, um dos criadores, capixaba que aspirou renovação e mudança na política e cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-30

Como Citar

Vassoler, V. P. . (2017). Vieira da Cunha – O filho da Atenas Campestre. Revista Do Arquivo Público Do Estado Do Espírito Santo, 1(2), 83–94. Recuperado de https://periodicos.ufes.br/revapees/article/view/32211

Edição

Seção

Artigos