Paneleiras de Goiabeiras: ofício como herança cultural imaterial capixaba

Autores

  • Fernando Santa Clara Viana Junior
  • Lucas Onorato Braga

Palavras-chave:

Cultura Capixaba, História da alimentação, Paneleiras

Resumo

Pensar a cultura capixaba é ponderar uma série de saberes e fazeres evocados como identitários da cultura local. Ultrapassando a leitura política e econômica, buscamos a interpretação social e cultural por meio da reflexão histórica. Procurando entender a cultura a partir de sua multiplicidade, elegemos como objeto deste artigo a alimentação e os diversos sentidos e significados que podem ser revelados a partir dessa instância tão cotidiana e, ao mesmo tempo, simbólica. Nesse contexto, procuramos analisar a questão da preservação do ofício das paneleiras de barro de Goiabeiras (Vitória/ES) na atualidade e os usos dos símbolos inerentes aos produtos de tal ofício, especialmente a panela de barro, recipiente obrigatório ao preparo da moqueca capixaba e outros pratos representativos da identidade capixaba.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-30

Como Citar

Viana Junior, F. S. C., & Braga, L. O. . (2017). Paneleiras de Goiabeiras: ofício como herança cultural imaterial capixaba. Revista Do Arquivo Público Do Estado Do Espírito Santo, 1(2), 143–151. Recuperado de https://periodicos.ufes.br/revapees/article/view/32215

Edição

Seção

Artigos