A Estrada de Ferro Vitória a Minas: Entre os dilemas do Minério de Ferro e a internalização do complexo cafeeiro capixaba

Autores

  • Rogério Naques Faleiros

Palavras-chave:

Estrada de Ferro Vitória a Minas, Minério de Ferro, Café, Espírito Santo, Minas Gerais

Resumo

A construção da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), no início do século XX, buscava estabelecer comunicações mais efetivas entre os estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, integrando importante região do hinterland brasileiro ao Porto de Vitória. Nosso objetivo é compreender as especificidades dessa ferrovia no que se refere à sua forma de atuação regional, saldos operacionais e balanços financeiros em fase na qual, dentro dos marcos da periodização proposta (1902-1942), o transporte de café foi prioritário para as receitas, dado o desenvolvimento dessa lavoura na região leste de Minas Gerais e no norte/noroeste do estado do Espírito Santo. Utilizamos como fonte os relatórios da EFVM, a partir dos quais percebemos o movimento de cargas nas distintas estações dessa companhia ferroviária, a natureza da receita e das despesas, seus aspectos financeiros e o crescimento econômico da região cortada pelos trilhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-30

Como Citar

Faleiros, R. N. . (2018). A Estrada de Ferro Vitória a Minas: Entre os dilemas do Minério de Ferro e a internalização do complexo cafeeiro capixaba. Revista Do Arquivo Público Do Estado Do Espírito Santo, 2(4), 80–105. Recuperado de https://periodicos.ufes.br/revapees/article/view/32252

Edição

Seção

Artigos