DUPLA PANDEMIA, POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E EXERCÍCIO PROFISSIONAL EM SERVIÇO SOCIAL

Autores

Resumo

Neste texto, através de revisão de literatura, analisamos, a partir de Carvalho (2014), a configuração de uma civilização do capital contemporânea, expressa no contexto de uma dupla demarcação: nova fase de desenvolvimento do capitalismo, nos marcos da mundialização com predominância financeira; momento histórico de explicitação da crise estrutural do capital. Nos moldes desta civilização do capital, abordamos a pandemia da Covid-19 como decorrente de uma junção de determinantes sanitários e sociais, vinculados ao próprio contexto de reprodução social, em meio às desigualdades econômicas e sociais, decorrentes do capitalismo nas suas configurações no século XXI. Analisamos a existência de uma dupla pandemia no Brasil contemporâneo: a da Covid-19 e do bolsonarismo, demarcando os rebatimentos dessa dupla pandemia sobre a classe trabalhadora e sobre o Sistema de Seguridade Social. Caracterizamos a existência de uma (des)proteção social que, de forma particular, expressa-se a partir do  (des)financiamento e da (des)centralidade da Política de Assistência Social;  e por fim, delineamos os conseguintes impactos dessa dupla pandemia e do desmonte da Política de Assistência Social, sobre o exercício profissional em Serviço Social, no âmbito do Sistema Único de Assistência Social/SUAS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Annova Míriam Ferreira Carneiro, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Assistente Social. Doutora em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão/UFMA. Pós-Doutoramento em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará. Professora Associada I com exercício na graduação em Serviço Social na Universidade Federal do Maranhão.

Alba Maria Pinho de Carvalho, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Assistente Social. Doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará/UFCE Pós-Doutoramento em Sociologia Política pela Universidade de Coimbra. Professora do Departamento de Ciências Sociais, do Programa de Pós-Graduação em Sociologia, do Mestrado Profissional de Avaliação de Políticas Públicas e do Programa de Pós-Graduação em Avaliação de Políticas Públicas na Universidade Federal do Ceará.

Maria do Socorro Sousa de Araújo, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Assistente Social. Doutora em Políticas Públicas. Pós-Doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará. Professora Associada III com exercício na graduação em Serviço Social e no Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Políticas Públicas na Universidade Federal do Maranhão.

Downloads

Publicado

2021-07-01