O paradoxo entre criação e circulação nos trabalhos fotográficos com processos artesanais

Autores

  • Edson do Prado Pfutzenreuter PPG Artes Visuais, Instituto de Artes Unicamp
  • Daniela Corrêa da Silva Pinheiro PPGArtes-Unicamp

Resumo

Este artigo reflete sobre o processo de criação e circulação nos trabalhos fotográficos que exploram os processos artesanais de fotografia, tais como o cianótipo e o dusting on, que têm uma materialidade própria permitindo a participação do artista em todas as etapas de criação. Por outro lado, na dinâmica atual do circuito artístico essas obras precisam ser digitalizadas para circularem no meio digital e participar de alguns editais, concursos, festivais de fotografias, publicações em revistas ou nas mídias sociais. Assim, um trabalho que é caracterizado pela materialidade precisa ser transformado em arquivo digital apresentando uma situação totalmente diferente daquela na qual os trabalhos são produzidos. Como acreditamos que a obra não pode ser pensada fora de sua circulação, propomos analisar casos específicos de uma fotógrafa que desenvolve seu Mestrado na área de impressão fotográfica por contato e que assinará o artigo como co-autora.

Biografia do Autor

Edson do Prado Pfutzenreuter, PPG Artes Visuais, Instituto de Artes Unicamp

Professor do Instituto de Artes da Unicamp, mestre e doutor em comunicação e Semiótica pela PUC-SP com pesquisa sobre processo criativo, graduado em artes plásticas pela ECA-USP

Daniela Corrêa da Silva Pinheiro, PPGArtes-Unicamp

Mestranda em Artes Visuais, UNICAMP/SP, linha de pesquisa poéticas visuais e processos de criação, artista multimídia, jornalista, Bacharel em fotografia pelo SENAC/SP e especialista em Economia da Cultura, UFRGS/ RS.

Referências

BASBAUM, Ricardo. Além da pureza visual. [S.l.]: Editora Zouk, 2007.
BARTHES, Roland. A câmera clara: nota sobre a fotografia. Trad. Julio Castanon Guimaraes. Rio de Janeiro: Nova fronteira, 1984.
BRÄCHER, Andréa. Rosângela Rennó e desenho fotogênico: homenagem a Fox Talbot. Revista Gama, Estudos Artísticos. Vol.3. p.71-78, 2015.
______. Kenji Ota: um olhar sobre a materialidade em processos fotográficos históricos. Revista: Estúdio. Vol.3.p 50-54, 2012.
COTTON, Charlotte. A fotografia como arte contemporânea. Trad Maria Sílvia Mourão Netto e Marcelo Brandão Cipolla. 2. ed. WMF Martins Fontes. São Paulo, 2013.
FERNANDES, JR, Rubens. A fotografia expandida. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002).
______ . Processos de Criação na Fotografia: apontamentos para o entendimento dos vetores e variáveis da produção fotográfica. FACOM, n.16, P.10-19, 2 SETEM 2006. Disponível em: http://www.faap.br/revista_faap/revista_facom/facom_16/rubens.pdf. Acesso em: 20 set de 2016.
FOCILLON, Henri. Elogio da mão (livro eletrônico). Trad Samuel Titan Jr. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2012.
FLUSSER, Vilém. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Trad do autor. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.
Harry Handon Center, “The Image Wrought: Historical Photographic Approaches in the Digital Age” Opens Jan. 31. Disponível em: <http://www.hrc.utexas.edu/press/releases/2005/imagewrought.html>. Acesso em: 29 maio 2018.
LANCRI, J. Modestas proposições sobre as condições de uma pesquisa em artes plásticas na universidade. O meio como ponto zero: metodologia de pesquisa em artes plásticas. 1. ed, p 17-3, 2002. Porto Alegre: Ed da UFRGS.
LEE, Elizabeth. Dusting on process – Revelação a pó. Elizabeth Lee - o que são fotografias. [S.l: s.n.]. Disponível em: <https://bethlee.wordpress.com/2014/11/12/dusting-on-process-revelacao-a-po/> (11 Dez 2014)
MACHADO, Arlindo. A ilusão especular: Introdução à fotografia. [S.l.]: Brasiliense/FUNARTE, 1984.
MINAMI, Dioclecio Ligia. Itinerâncias: a memória entre a materialidade e a virtualidade fotográfica. (Mestrado em Artes Visuais) - Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, 2018.
MONFORTE, Luiz Guimarães. Fotografia Pensante. São Paulo: SENAC, 1997.
PAREYSON, Luigi. Estética: teoria da formatividade. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis, RJ: Vozes, 1993.
ROUILLÉ, André. A fotografia: entre documento e arte contemporânea. Trad. Constancia Egrejas. São Paulo: Senac, 2009.
VIEIRA, Jorge Albuquerque. Teoria do Conhecimento e Arte. REVISTA MÚSICA HODIE, 2009. Disponível em: <http://www.musicahodie.mus.br/9_2/musica_hodie_9_2_artigo_1.pdf>.
Young, Martin. The past is the new future. New York. v 33, n.6, maio - junho, 2006. (acesso em 10 de outubro de 2017). Disponível em http://www.findarticles.com

Downloads

Publicado

2018-08-10

Edição

Seção

Seção Temática