Os judeus como a personificação do mal: a relação entre os judeus e os pecados capitais no Ocidente Medieval (séc. XIII-XV)

Resumo

Este artigo visa apresentar que durante a Idade Média na Europa Ocidental os judeus eram considerados por muitos cristãos enquanto pecadores e personificação do mal. Para tanto, apresenta-se a relação entre os judeus e os pecados capitais. A partir das acusações que se faziam contra os judeus é possível identificar a relação com os pecados capitais e a representação negativa acerca dos seguidores do judaísmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-08-2016

Como Citar

Os judeus como a personificação do mal: a relação entre os judeus e os pecados capitais no Ocidente Medieval (séc. XIII-XV). Revista Ágora, [S. l.], n. 23, p. 196–211, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/14084. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Estabelecidos e outsiders no Ocidente tardo antigo e medieval