“Não somos românticos; somos jovens”: embates entre tradição e a modernidade nas páginas de A Revista (1925-1926)

Autores

  • Valdeci da Silva Cunha

Resumo

O presente estudo analisa o periódico A Revista publicado pela primeira vez no ano de 1925, mas marcado por uma curta existência, finalizada em janeiro de 1926, com a publicação de apenas mais dois números. Trabalharemos com as noções de tempo histórico mobilizadas pela publicação como um dos acessos possíveis à experiência dos atores sociais naquele contexto. Nossa aposta seria que ao promoverem discussões e se posicionarem em relação aos principais temas colocados pela revista, os textos ali impressos carregam uma forte demarcação temporal, o que nos serve de vestígios para, dentre outras questões, problematizarmos as práticas intelectuais desses escritores e as relações estabelecidas com a sociedade daquele período. Para os limites deste estudo, analisaremos os editoriais dos três números publicados e, sempre que necessário, recorreremos a alguns artigos, ensaios, dentre outros textos neles veiculados, que nos ajudem a esclarecer ou elucidar algum ponto que nos parecer relevante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

CUNHA, V. da S. “Não somos românticos; somos jovens”: embates entre tradição e a modernidade nas páginas de A Revista (1925-1926). Revista Ágora, [S. l.], n. 24, p. 31–46, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/16152. Acesso em: 7 dez. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: Pensamento político e ensaísmo no Brasil