A originalidade do pensamento de Manoel Bomfim: a questão racial em perspectiva – Brasil (1900-1910)

Autores

  • Ruth Cavalcante Neiva

Resumo

Este artigo tem como objetivo fazer uma reflexão sobre como o problema da raça foi pensado por Manoel Bomfim no contexto da primeira década do século XX no Brasil. A fonte principal deste estudo é a obra América Latina: males de origem, em que são discutidos quais eram os objetivos, as hipóteses e as soluções propostas pelo intelectual para os problemas da sociedade brasileira do começo do século passado. Presentar-se-á de maneira mais pormenorizada uma análise sobre o posicionamento de Bomfim em relação a teoria da “superioridade” e da “inferioridade” entre as raças, destacando os aspectos de originalidade e também as limitações de seu pensamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-06-01

Como Citar

NEIVA, R. C. A originalidade do pensamento de Manoel Bomfim: a questão racial em perspectiva – Brasil (1900-1910). Revista Ágora, [S. l.], n. 24, p. 63–79, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/16154. Acesso em: 13 abr. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: Pensamento político e ensaísmo no Brasil