“AGILIDADE, DESTREZA E RESISTÊNCIA ADQUIRIDAS NA INFÂNCIA”: JOGOS E BRINCADEIRAS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA PARAÍBA (1920-1945)

Autores

  • ALEXANDRO DOS SANTOS
  • AZEMAR DOS SANTOS SOARES JÚNIOR

Resumo

Esse artigo tem por objetivo analisar o valor educativo atribuído aos brinquedos, jogos e brincadeiras nas aulas de Educação Física nas escolas da Paraíba da primeira metade do século XX. Para tanto, utilizamos como fontes impressos que circularam na Paraíba tais como a Revista Evolução, a Revista do Ensino, o jornal A União e o jornal Voz da Borborema. Assim, buscamos perceber nesses veículos midiáticos o valor educativo atribuído aos brinquedos, jogos e brincadeiras nas aulas de Educação Física, como meio para a medicalização e disciplinarização do corpo dos alunos. Dessa forma, consideramos as abordagens do aporte teórico-metodológico da Nova História Cultural, principalmente a partir das discussões feitas por Michel Foucault (2010), enfatizando o conceito de poder disciplinar, que proporciona uma melhor compreensão acerca da historicidade de um corpo higienizado e fisicamente vigoroso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16-12-2018

Como Citar

DOS SANTOS, A.; SOARES JÚNIOR, A. D. S. “AGILIDADE, DESTREZA E RESISTÊNCIA ADQUIRIDAS NA INFÂNCIA”: JOGOS E BRINCADEIRAS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA PARAÍBA (1920-1945). Revista Ágora, [S. l.], n. 27, p. 80–99, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/16989. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: História e Educação