História da educação e trabalho no Brasil: a inclusão excludente e a exclusão includente

Autores

  • Camila Carmona Dias Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Resumo

A história da educação brasileira é integrante da História e do mundo, existindo articulação nos campos econômico, ético, social, político e educacional. Uma forma de compreender a escola é por meio do contexto europeu, em que a mesma foi construída e migrou para estas terras junto com os seus colonizadores. Esse modelo de escola está enraizado num sistema fabril, que emerge com uma necessidade industrial em expansão e se consolida como uma instituição que serve ao modelo econômico-social capitalista. Dessa forma, este artigo estudará a dualidade estrutural existente na educação, recuperando a história da educação profissional. Logo em seguida, contextualizará a educação moldada na integração, além da educação profissional e as mudanças recentes no mundo do trabalho, finalizando com a nova dualidade estrutural baseada nos conceitos de inclusão excludente e exclusão includente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Carmona Dias, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Doutoranda em História, Mestra em Educação, Especialista em Comunicação e Semiótica, Especialista em Moda: produto e comunicação, Licenciada em História, Bacherela em Moda

Downloads

Publicado

07-01-2019

Como Citar

DIAS, C. C. História da educação e trabalho no Brasil: a inclusão excludente e a exclusão includente. Revista Ágora, [S. l.], n. 28, p. 132–158, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/20766. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos