Integrar segregando: os limites do discurso de José de la Riva-Agüero em relação a incorporação da população indígena à nacionalidade peruana

Autores

Resumo

No cenário das primeiras décadas do século XX, houve a propagação das ideias de um movimento intelectual e político denominado como Hispanismo no Peru. José de la Riva-Agüero foi um grande representante desta corrente no país. O objetivo desse artigo, consiste em analisar como esse intelectual pensou a questão da inclusão dos indígenas à nacionalidade, ao mesmo tempo em que também primou pela manutenção da hierarquia social entre as oligarquias criollas e as populações indígenas. A partir da análise das obras La historia en el Perú e Paisajes peruanos, de Riva-Agüero, percebemos o quanto o autor quis resgatar os valores da tradicionalidade hispânica, vista como uma cultura “superior”, ao passo que alimentou uma série de preconceitos e estereótipos em relação aos índios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruth Cavalcante Neiva, UFES

Doutoranda em História pela Universidade Federal do Espírito Santo.

Downloads

Publicado

09-09-2019

Como Citar

NEIVA, R. C. Integrar segregando: os limites do discurso de José de la Riva-Agüero em relação a incorporação da população indígena à nacionalidade peruana. Revista Ágora, [S. l.], n. 29, p. 10–27, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/25087. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê