o programa escola sem partido como reaFirmação do conservadorismo

Autores

  • Jair Miranda de Paiva Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Resumo

O artigo discute o movimento Escola sem Partido como reafirmação do conservadorismo em educação. Retoma discussão em escrito anterior no qual se tentou, numa análise imanente, se aproximar de suas teses expostas no site e outros meios de divulgação da chamada iniciativa, numa breve referência jurídica e numa leitura filosófica.  Abordamos o referido movimento como uma nova roupagem da reação às lutas progressistas e conquistas políticas, por meio de pesquisa bibliográfica, concluindo pela crítica necessária a suas teses, bem como suas articulações a outros âmbitos do conservadorismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-09-2019

Como Citar

DE PAIVA, J. M. o programa escola sem partido como reaFirmação do conservadorismo. Revista Ágora, [S. l.], n. 29, p. 104–122, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/27508. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê