ASSOCIATIVISMO MIGRANTE: PARTICIPAÇÃO E REPRESENTAÇÃO

Autores

  • Maria Rossi

Resumo

O papel das associações è historicamente importante no percurso migratório de qualquer grupo. Este trabalho tem como objetivo fornecer mais uma componente ao estudo das experiências associativas examinando aquela dos imigrantes latino-americanos presentes em Nápoles e para os quais as associações são de fato um motivo para um encontro e uma razão para a organização de iniciativas de promoção cultural, mas são também motivo de representação em relação à sociedade de acolhimento e de identificação coletiva. Na realidade, apesar de existirem várias associações a nível nacional, principalmente naquela peruana, os responsáveis têm a intenção de criar um movimento que acolha toda a heterogeneidade latino-americana e que ultrapasse os limites nacionais representados por cada um dos grupos. Assim, é necessário estabelecer quanto a comunidade que eles representam tenha sido realmente reconstruída e re-territorializada na sociedade de chegada, ou quanto ela continue a ser apenas uma “comunidade imaginária”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

ROSSI, M. ASSOCIATIVISMO MIGRANTE: PARTICIPAÇÃO E REPRESENTAÇÃO. Revista Ágora, [S. l.], n. 16, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/5014. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê