O JUSTE MILIEU: BENJAMIN CONSTANT E A DEFESA DO REGIME POLÍTICO MODERADO

Autores

  • Josemar Machado de Oliveira

Resumo

Trata o presente artigo do pensamento político do suíço Benjamin Constant desenvolvido na época do Diretório (1795-1799), mas também do desdobramento desse pensamento ao longo do primeiro terço do século XIX, quando Constant esteve associado a Napoleão e ao regime que o sucedeu, a Restauração. O ponto de partida de nossa análise é a defesa que o pensamento político de Constant fez de um governo de juste milieu (justo meio), o que na fase diretorial significava uma república de notáveis, mas que mais tarde também veio a se adequar ao formato de uma monarquia constitucional. Essa sua rejeição dos radicalismos, seja da “extrema direita” realista seja da “esquerda jacobina”, fez de seu pensamento político uma das matrizes do liberalismo francês. Por fim, buscamos também enfatizar as diferenças existentes entre o pensamento político liberal de Constant e o ideário democrático de sua época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

OLIVEIRA, J. M. de. O JUSTE MILIEU: BENJAMIN CONSTANT E A DEFESA DO REGIME POLÍTICO MODERADO. Revista Ágora, [S. l.], n. 13, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/5040. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

Dossiê