Rótulos novos em frascos velhos: a abertura democrática e os novos partidos no processo eleitoral de 1982, no Estado do Espírito Santo

Autores

  • Ueber José de Oliveira

Resumo

Analisa a montagem do multipartidarismo no Estado do Espírito Santo, no desfecho do processo de distensão lenta, gradual e irrestrita, implementada ao término do regime militar (1964-1985). A principal hipótese que se que se pretende analisar é a de que, não obstante o processo de restabelecimento do regime democrático e de formação de novos partidos políticos, as elites e máquinas políticas e eleitorais hegemônicas no contexto do Regime Militar transpuseram com êxito as fronteiras e turbulências representadas pelas mudanças institucionais daquele período, mantendo-se nos principais espaços de poder.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

OLIVEIRA, U. J. de. Rótulos novos em frascos velhos: a abertura democrática e os novos partidos no processo eleitoral de 1982, no Estado do Espírito Santo. Revista Ágora, [S. l.], n. 18, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/7100. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos