Memórias construídas e cidadania esperada: experiências de ítalo-brasileiros na Itália

Autores

  • Maria Catarina C. Zanini

Resumo

O artigo analisa alguns aspectos das dinâmicas de vivência cotidiana de duplos (ou múltiplos) cidadãos na Itália. Enfoca-se no caso de cidadãos brasileiros, descendentes de imigrantes italianos, que reivindicam a cidadania italiana e recebem este reconhecimento legitimado pelo Estado italiano. Reflete-se assim acerca da complexidade e dos distanciamentos existentes entre o reconhecimento da cidadania de direito e cidadania de fato vivida por estes brasileiros na Itália. Nestas novas conformações, a vivência de uma italianidade solicitada é compreendida como um fenômeno que deve ser analisado enquanto uma opção dos indivíduos, um ato voluntário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

ZANINI, M. C. C. Memórias construídas e cidadania esperada: experiências de ítalo-brasileiros na Itália. Revista Ágora, [S. l.], n. 19, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/8309. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Imigração, memória e identidade