CONTROLE E MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA NO CULTIVO DE MICROALGAS ATRAVÉS DE SENSORES

Autores

  • Nazur Amorim Gomes Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Centro Universitário Norte do Espírito Santo (CEUNES), Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brazil. Fone/Fax: 55 27 3312-1710.
  • Laiza Leal Siquara Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Centro Universitário Norte do Espírito Santo (CEUNES), Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brazil. Fone/Fax: 55 27 3312-1710.
  • Pablo Brunetti dos Santos Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Centro Universitário Norte do Espírito Santo (CEUNES), Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brazil. Fone/Fax: 55 27 3312-1710.
  • Rodrigo Randow de Freitas Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Centro Universitário Norte do Espírito Santo (CEUNES), Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brazil. Fone/Fax: 55 27 3312-1710.
  • paulo Sérgio da Silva Porto Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Centro Universitário Norte do Espírito Santo (CEUNES), Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brazil. Fone/Fax: 55 27 3312-1710.

DOI:

https://doi.org/10.0001/ES04

Resumo

Este trabalho propõe desenvolver uma alternativa usando mecanismos tecnológicos, especificamente sensores, medidores, computadores e micro controladores, para sanar, atenuar e controlar possíveis problemas das condições físico- químicas da água em meio de cultivo. Os principais fatores que são importantes neste controle: temperatura, pH, luminosidade e dióxido de carbono (Carmouze, 1994; Mulder, 2009). E dependendo do objetivo da linha de pesquisa, pode-se utilizar outros parâmetros de qualidade como, salinidade e condutividade elétrica. Corroborando, segundo Huet (1978), o que é determinante num modelo aquícola e o melhor sistema de cultivo a ser implantado é a quantidade e qualidade da água. Sendo importante também mencionar que são escassos os estudo em relação à utilização de dispositivos eletrônicos para controle da qualidade da água em cultivos intensivos fechados com recirculação com a espécie a ser estudada. Assim, com o exposto, o objetivo principal da presente proposta é estudar o desempenho de um sistema de recirculação aquícola, mais especificamente o cultivo de microalgas, construído com materiais de tecnologia de ponta com código aberto e de baixo custo, em relação à sua eficiência na manutenção e restauração dos parâmetros de qualidade da água em níveis adequados ao ciclo produtivo, considerando as implicações desta técnica na conservação dos recursos hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Fridley, R.B. (1993) - Constraints to marine aquaculture: what role can engineering and technology play? In: Wang, J.K. (Ed.), Techniques for Modern Aquaculture. American Society of Agricultural Engineers, St. Joseph, MI, pp. 1–7.

McCoy, H.D. (1993) - Open ocean fish farming: part one. Aquac. Mag. 19 (5), 66–74.

Hayden, A. (1997) - Current and potential regulation of open ocean aquaculture. In: Helsley, C.E. (Ed.), Open Ocean Aquaculture ‘97, Charting the Future of Ocean Farming. Proceedings of the Interna- tional Conference, cCP-98-08. University of Hawaii Sea Grant College Program, Honolulu, HI, pp. 57–64.

Helsley, C. (1997) - Open ocean aquaculture conference summary, commentary and thoughts for the future. In: Helsley, C.E. (Ed.), Open Ocean Aquaculture ‘97, Charting the Future of Ocean Farming. Proceedings of the International Conference, cCP-98-08. University of Hawaii Sea Grant College Program, Honolulu, HI, pp. 3–14.

Huet, M.T. (1978) - Tratado de Piscicultura, 2a ed. Madrid: Mundiprensa.

Lee, P.G. (1995) - A review of automated control systems for aquaculture and design criteria for their implementation. Aquac. Eng. 14, 205–227.

Malone, R., DeLosReyes, Jr., A.A. (1997) - Categories of recirculating aquaculture systems. In: Advances in Aquacultural Engineering. Northeast Regional Agricultural Engineering Service, Cornell, NY, NRAES-105, pp. 197–208.

Rock, D. & Guerin, D. (1992) - Applying AI to statistical process control. AZ Expert, 7,30-5.

Carmouze, J.P. (1994) - O metabolismo dos ecossistemas aquáticos. São Paulo: Edgar Blücher, 254 p.

Mulder, J.P. (2009) - Micro-Algas: A nova Agricultura. Mimeo, Recife/PE: UFPE.

Downloads

Publicado

2015-11-06

Como Citar

Gomes, N. A., Siquara, L. L., Santos, P. B. dos, Freitas, R. R. de, & Porto, paulo S. da S. (2015). CONTROLE E MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA NO CULTIVO DE MICROALGAS ATRAVÉS DE SENSORES. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 1(1), 1–4. https://doi.org/10.0001/ES04

Edição

Seção

ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE - SUSTAINABILITY ENGINEERING