AGROECOLOGIA, UNIÃO E INOVAÇÃO: O PROJETO “PEIXE NA MESA, PLANTA NA MATA”

Autores

  • José Alejandro Garcia-Prado Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper, São Mateus, ES.Av. Jones dos Santos Neves, 218 - Centro – São Mateus – Estado – CEP: 29930-015 – País – Tel: +55 (27) 3773-5276

DOI:

https://doi.org/10.0001/ES10

Resumo

Pequenas propriedades agrícolas de base familiar são as principais representantes da realidade rural do estado do Espirito Santo (Galveas et al, 2014), sendo que a união de forças é uma alternativa viável para a sustentabilidade dessas unidades produtivas e das atividades agropecuárias (Lima & Vargas, 2015). Nesse contexto, a busca por tecnologias de baixo impacto ambiental, mais eficientes e com uma maior diversificação produtiva torna-se um diferencial na produção agrícola, assim como na competitividade produtiva das propriedades rurais (ICONE, 2012), especialmente tratando-se de camponeses historicamente às margens da sociedade, com baixos rendimentos e reduzida produtividade, os denominados “quilombolas” (Tiburcio e Valente, 2007). Diante desse panorama, com a finalidade de incentivar a integração comunitária e a qualificação técnica dos quilombolas das comunidades Espírito Santo e Rio Preto, no município de São Mateus, foi proposto o projeto “Peixe na Mesa, Planta na Mata” visando ao incremento da renda, a produção agrícola com reduzido impacto ambiental e a inovação tecnológica no meio rural. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Emater-MG (2006) - MEXPAR. Metodologia Participativa de Extensão Rural para o Desenvolvimento Sustentável. Disponível on-line: http://disciplinas.stoa.usp.br/pluginfile.php/369006/mod_resource/content/0/LIVRO% 20MEXPAR.pdf

Galveas, P.A. Plano ABC - Espírito Santo 2014-2020/ Pedro Arlindo Oliveira Galveas [et al.]. - Vitória, ES : Incaper, 2014. 50 p. - (Incaper. Documentos, 231) Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais – ICONE, 2012. Agricultura de Baixo Impacto: Construindo a Economia Verde Brasileira. Disponível em:http://www.iconebrasil.com.br/datafiles/biblioteca/documentos/2012/agricultura_ de_baixo_impacto_construindo_a_economia_verde_brasileira_0106.pdf

Kunzler, M.T. & Bulgacov, S. (2011) - As estratégias competitivas e colaborativas e os resultados individuais e coletivos no associativismo rural em Quatro Pontes (PR). Rev. Adm. Pública, Rio de Janeiro , v. 45, n. 5, p. 1363-1393. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003476122011000500006 &lng=pt&nrm=iso>.Acessos: 14 out. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S0034- 76122011000500006.

Lima, F.A.X.& Vargas, L.P. (2015) - Alternativas socioeconômicas para os agricultores familiares: o papel de uma associação agroecológica. Rev. Ceres, Viçosa , v. 62, n. 2, p. 159-166, abr.Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034- 737X2015000200159&lng=pt&nrm=iso>.Acessos: 14 out. 2015. http://dx.doi.org/ 10.1590/0034-737X201562020005.

Tiburcio, B.A. & Valente, A.L.E.F. (2007) - O comércio justo e solidário é alternativa para segmentos populacionais empobrecidos? Estudo de caso em Território Kalunga
(GO). Rev. Econ. Sociol. Rural, Brasília , v. 45, n.2, p. 497-519.
Disponível <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010320032007000200010 &lng=pt&nrm=iso>. Acesso: 14 out. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S0103- 20032007000200010

Downloads

Publicado

2015-11-06

Como Citar

Garcia-Prado, J. A. (2015). AGROECOLOGIA, UNIÃO E INOVAÇÃO: O PROJETO “PEIXE NA MESA, PLANTA NA MATA”. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 1(1), 1–4. https://doi.org/10.0001/ES10

Edição

Seção

ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE - SUSTAINABILITY ENGINEERING